Diário da Manhã

segunda, 11 de novembro de 2019

Notícias

 Mais recentes

18º Homicídio : Dívida de crack acaba em assassinato no Pestano

18º Homicídio : Dívida de crack acaba em assassinato no Pestano
24 fevereiro
08:29 2014

Na madrugada de domingo à rua 10 no Pestano, assassinato de Gelson Ivan Moraes Maciel (34 anos). De acordo com o registro na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA), casal estava na residência quando houve chamado. Ao chegar à frente da casa, a vítima recebeu quatro disparos.

Conforme  Boletim de Ocorrência, os dois são usuários de “crack”,  e estariam com dívidas. Trata-se do 18º homicídio em Pelotas neste ano.

Polícia investiga morte de menina no centro

Às 14h de sábado, menina de doze anos caiu do nono andar de prédio no centro da cidade. Conforme registro efetuado na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA), o fato aconteceu em prédio à rua Félix da Cunha, situado entre as ruas Dom Pedro II e General Telles.

A perícia passou a investigar o caso e caberá a 1ª Delegacia de Polícia, a partir dos exames fornecidos, esclarecer o ocorrido.

Plantão de Polícia

UM POLO estava estacionado à rua Barão de Santa Tecla. De acordo com o Boletim de Ocorrência, a 1h45min, o condutor do Fiat Palio saiu do canteiro da avenida Bento Gonçalves, ingressando na Santa Tecla. Porém, o carro abalroou o veículo estacionado e houve danos. Na sequência, discussão, princípio de tumulto e a fuga do condutor do Palio. A vítima menciona que o condutor apresentava sinais de embriaguez.

MOTO – Outra vítima que também registrou ocorrência, atribui ao mesmo condutor do Palio, os danos em sua motocicleta. De acordo com ela, a moto estava estacionada quando, repentinamente, surgiu o Fiat aparentemente desgovernado. O carro colidiu noutros, e um destes derrubou a moto. Com isso, danos na moto. A vítima também declarou à Polícia Civil que o condutor do Palio aparentava consumo de bebida alcoólica. E o relato culmina com a discussão seguida de fuga. O condutor do Palio já estava identificado.

APREENSÃO de moto ao final da manhã de domingo. A Brigada Militar realizou abordagem de motociclista à rua Silva Paes nas Três Vendas. Conforme Boletim de Ocorrência, o condutor não estava usando capacete, e o número da placa não batia com a Honda 125 Titan, verde. Também estava raspado o número do chassi. A moto foi apreendida para perícia, e será efetivada a apuração legal.

GOL , 2001, placas IKI-2464, foi furtado no começo da madrugada de sábado. O carro estava à rua Barão de Azevedo Machado, porém, com alarme desligado. Na manhã de domingo, o veículo foi localizado à rua Raul Pompéia nas Três Vendas. O proprietário notou que houve o furto de duas cadeiras de praia e celular.

DISPAROS à rua 1 na vila Peres. O fato ocorreu às 23h30min de sábado, e envolveu vizinhos. Conforme registro de ocorrência, pai e filho têm se queixado de vizinhos que, com obra, invadiram a propriedade. Houve  discussão à noite de sábado, empurrão em grávida de sete meses, e tiros foram efetuados. Não houve feridos e as versões são desencontradas.

ROUBO na madrugada de domingo nas imediações da rua Benjamin Constant. Casal de irmãos transitavam pelo local, proximidades do Porto, quando foram abordados por trio. Bolsa foi arrancada e também foram levados celulares LG e Samsung.

GOLPE em octogenária à rua Almirante Landim no Fragata. Conforme o registro efetuado pelo filho, no sábado a mãe de 89 anos estava sozinha, quando atendeu desconhecido. Ele disse que faria revisão na cerca. Com acesso à casa e, num descuido da anciã, levou carteira com cartões da CEF e a quantia de R$50,00.

TENTATIVA de arrombamento em apartamento à rua Evaristo da Veiga. O fato aconteceu entre sexta à noite e sábado, quando a vítima estava ausente. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado ontem, o miolo da fechadura foi violado e havia marcas de pé na porta. Porém, o arrombamento não foi consumado devido à grade. A moradora acrescenta que há câmeras no prédio, e o autor da tentativa talvez possa ser identificado.

FURTO em bolsa com o sumiço de três cartões do Banco do Brasil. A vítima registrou o fato na manhã de domingo na DPPA. De acordo com a septuagenária, não se afastou da bolsa enquanto esteve num “culto” à rua Prof. Araújo. Porém,  ao verificar o conteúdo da bolsa, notou que havia sido furtada.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções