Diário da Manhã

quarta, 28 de outubro de 2020

Notícias

PIB gaúcho cresce 15% no segundo trimestre de 2013

12 setembro
19:21 2013

O Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Sul cresceu 15,0% no segundo trimestre de 2013, na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Nos primeiros seis meses do ano, o PIB teve uma expansão de 8,9%, em relação ao primeiro semestre de 2012. Com o trimestral de 111,7%, a agropecuária impulsionou os dados positivos.Os números foram divulgados durante coletiva, na manhã desta quarta-feira (11), na Fundação de Economia e Estatística (FEE).

pib

Foto: Pedro Revillion/Palácio Piratini

“É um ‘Pibão’ chinês, um crescimento muito bom que demonstra que a diversidade da economia gaúcha (agronecócio, agricultura familiar, indústria e serviços) é que dá pujança ao Estado e deve se vai se confirmar aquilo que eu já tenho dito: este ano, nós vamos crescer mais que o dobro do crescimento do Brasil”, resumiu o governador Tarso Genro.

Com crescimento trimestral de 111,7%, e semestral de 60%, no comparativo com o ano anterior, a agropecuária impulsionou o crescimento do PIB gaúcho. “Os dados refletem um período de dados relativos à safra de soja e milho, ao distribuirmos no ano vamos obter crescimento em volume e, relativamente, a valores, porque os preços dos produtos estão superiores, o que deve impactar a economia no crescimento final do ano”, explica o secretário de Agricultura, Luiz Fernando Mainardi.

No comparativo com mesmo período de 2012, a soja registrou crescimento de 114,6% e o milho de 69,6%. Outros itens como o trigo ( 43,2%) e a aveia (38,1%) também registraram considerável crescimento.

A indústria registrou uma ampliação de 3,9%, principalmente nos setores de transformação ( 4,6%) e construção civil (4%). “Isso é uma fotografia de uma economia que tem uma dinâmica muito forte, diversificada, com capacidade de resposta, se induzida e simulada. E com bom clima, já que temos uma cadeia produtiva na área primária”, ressalta o secretário de Planejamento, Gestão e Participação Cidadã ( Seplag), João Motta.

Para o secretário, os investimentos em infraestrutura devem manter o crescimento do Estado. Motta ressaltou que, de 2011 até 2014, os investimentos na área devem superar R$ 10 bilhões, considerando cerca de R$ 3 bilhões em negociação com o Governo Federal para obras em rodovias (BR-290, ERS-448 e BR-392).

Na área de serviços, no período trimestral, a variação foi de 3,4%, sendo de 8,5% nos transportes. Considerando os setores na indústria, destacam o crescimento do refino de petróleo e álcool (27,5%), bebidas (20,6%), borracha e plástico (15,2%) e máquinas e equipamentos ( 11,5%).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.