Diário da Manhã

segunda, 26 de outubro de 2020

Notícias

ARTIGO : Diversidade

ARTIGO : Diversidade
06 outubro
17:14 2020

DIVERSIDADE

São 28 anos, mais precisamente, 10.220 dias em que divido a vida terrena com bilhões de pessoas. Todos somos feitos da mesma matéria, mas com inúmeras particularidades.

A diferença é vista muitas vezes como algo novo, e isso pode impactar, uma mente desinformada. Resultando em preconceito, ignorância e até mesmo em retrocesso.

Quanta intolerância religiosa, vemos em pleno século XXI? Quantos LGBTQI+ são expulsos de casa, por puro preconceito de seus pais? Quantos deficientes/crianças especiais são abandonados por causa da ignorância humana? Quantos negros, ainda escutam piadas sobre o seu tom de pele? Quantas pessoas obesas sofrem bullying, por que a sociedade insiste num padrão opressor?

Se eu ficar listando todos os “quantos” e “quantas”, já foram vítimas da intolerância, ficaria dias e dias escrevendo aqui, uma lástima!

Para entender/compreender a diversidade, é preciso ter boa vontade, para aceitar e procurar por informações. Seja por artigos científicos, livros, documentários, programas educativos, jornais ou até mesmo dar um “Google”, e iniciar a pesquisa sobre qualquer assunto. Antigamente, o acesso à informação era difícil, tudo muito limitado. Hoje, com o avanço da tecnologia e com a rapidez da internet, tudo facilitou para nós. Mas, ainda assim, a melhor maneira de deixar o preconceito e a ignorância de lado, é o diálogo.

Todos nascemos puros, todos nascemos com uma inocência linda! Portanto, as crianças não vêem maldade em nada, não diferem ninguém. Acreditam, na diversidade. Acreditam, na singularidade. Acreditam, na particularidade de cada um. Quem dera se o mundo fosse puro, quanto é o olhar doce de uma criança, não é mesmo?

Jordana Gonçalves

Jordana Gonçalves

Pra finalizar, prefiro continuar pensando, que uma pessoa intolerante à diversidade, não é porque, quer ser, e sim, porque a vida lhe deu uma realidade distorcida.

A frase “somos todos iguais”, é apenas uma maneira de camuflar a realidade, na intenção de acabar com preconceitos. Mas, na verdade, somos todos diferentes. Somos todos lindos. Somos todos guerreiros. Somos todos seres humanos, em busca da felicidade. Somos todos filhos e filhas do mesmo criador. Somos todos feitos de carne e osso. Somos todos colecionadores de vitórias e derrotas, de alegrias e tristezas, de amores e desamores.

E, ah… Já ia esquecendo, quando falarem “somos todos iguais”, responda: “Perante a Deus, tenho certeza que sim, entre nós, somos todos diferentes, porque se não o mundo não teria graça nenhuma.”

Viva a diversidade!

Por Jordana Gonçalves 

  Massoterapeuta, esteticista e estudante do curso de Fisioterapia

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções

Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.