Diário da Manhã

quarta, 24 de maio de 2017

Notícias

BRASIL : Ataque pouco eficiente

18 maio
08:44 2017

Apesar de oito contratações em 2017, Brasil busca trio de meias ideal

O problema maior do Brasil pode não ser o ataque, mas é no ataque que se materializam as principais dificuldades da equipe. Em 13 jogos oficiais nesta temporada, o time rubro-negro marcou apenas 10 gols. Isso dá a média de 0,76 gol por jogo. Nesse mesmo número de partidas, a defesa foi vazada 14 vezes. Um descompasso que não era observado em outras temporadas, quando o número de gols marcados era alto; e a defesa uma das melhores da competição.

Wagner chegou com o respaldo de ter sido destaque do Gauchão: ainda em fase de adaptação ao clube Foto: Assessoria de Imprensa GEB

Wagner chegou com o respaldo de ter sido destaque do Gauchão: ainda em fase de adaptação ao clube
Foto: Assessoria de Imprensa GEB

O principal desafio do técnico Rogério Zimmermann tem sido a de acertar a linha de três meias. A diretoria já contratou oito jogadores para ocupar essas três funções. Nenhum conseguiu se firmar na equipe. Rafinha deu boa resposta nestes dois jogos do Brasileiro da Série B, mas é ainda muito pouco tempo para avaliação. Wagner chega com o respaldo de ter sido um dos destaques do Gauchão pelo Caxias, mas só participou de 30 minutos do jogo de terça-feira contra o Londrina.

Para o Gauchão, o Brasil contratou cinco meias: Bruno Lopes, Juninho, Aloísio, Rennan Oliveira e Lenílson. Quem mais jogou (em termos de produção no setor) foi Nem, que inicialmente era o segundo volante, que foi adiantado para a linha de três meias. Rennan Oliveira já foi embora; e Lenilson está fora dos planos.

Rafinha, Wagner e Elias chegaram para o Brasileiro. É esse setor que pode permitir que o Brasil possa ter um ataque melhor. Também pode, quando estiver ajustado, contribuir para que a equipe esteja mais compacta e menos exposta defensivamente.

Zimmermann terá agora mais de uma semana para preparar o time visando o jogo diante do Goiás, que será realizado no dia 26 de maio. O próximo compromisso em casa é dia 30, contra o Náutico.

BASE – Brasil e Progresso se enfrentam neste sábado no CT Rubro-Negro (Avenida Brasil, 722, Bairro Simões Lopes) em jogos pelo Campeonato Gaúcho das categorias sub-15 e sub-17.  A primeira partida será às 13h e a segunda às 15h. A entrada é franca. No estadual juvenil, o Progresso venceu o São José por 1 a 0 na rodada anterior, enquanto o Xavante estreou com derrota de 2 a 0 para o Ivoti. Já no sub-13, o Brasil empatou por 1 a 1 com o Cruzeiro; e o Progresso perdeu por 1 a 0 para o São José.

Pressionado

O próximo adversário do Brasil na Série B do Brasileiro, o Goiás, começou mal sua participação na competição. Depois de perder por 1 a 0 em casa para o Figueirense, na estreia, o time goiano foi derrotado novamente: levou 2 a 0 do Paraná, terça-feira, em Curitiba. Um resultado que já coloca pressão nos ombros do técnico Sérgio Soares (foto), que foi contratado exatamente para a competição nacional.

A partida de terça foi antecipada da quarta rodada. O Goiás cumpre seu compromisso da segunda rodada, amanhã, contra o América/MG. Se perder no Independência irá pressionado para a partida diante do Brasil, dia 26, no Serra Dourada. O volante Toró, 31 anos, renovou contrato e irá reforçar o time goiano.

Notícias Relacionadas

Comentários ()