Diário da Manhã

domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias

 Mais recentes

BRASIL : Semana de ajustes para a estreia

23 abril
08:36 2019

Time aproveita últimos dias antes de encarar o primeiro compromisso na Série B do Brasileiro

O tempo agora é de foco nos últimos ajustes na equipe que vai para a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois do empate sem gols com o São José, sábado, na Baixada, o time rubro-negro segue na preparação com vista ao seu primeiro compromisso na competição nacional deste ano, sexta-feira, diante do Bragantino.

Do time xavante que esteve em campo, diante do Zequinha, a base é formada praticamente por jogadores que disputaram o Gauchão pelo clube. E é desse grupo que o técnico Rogerio Zimmermann vai tirar a formação para começar a partida de abertura do Campeonato Brasileiro.

LATERAL Ednei é uma das armas defensivas do Xavante para a competição nacional FOTO: Assessoria/GEB Especial DM

LATERAL Ednei é uma das armas defensivas do Xavante para a competição nacional
FOTO: Assessoria/GEB Especial DM

Ao longo do treinamento contra o adversário da Capital, Zimmermann utilizou Carlos Eduardo; Ricardo Luz (Ednei), Leandro Camilo, Bruno Aguiar (Heverton) e Bruno Santos; Leandro Leite (Washington), Jatobá (Diogo Oliveira) e Murilo Rangel (Sousa); Juba (Marcinho), Branquinho (Maicon Assis) e Fabrício (Douglas Baggio).

“Ainda estamos em processo de ajustes, em busca do melhor rendimento do nosso grupo”, observa o técnico Zimmermann, sem ainda apontar uma formação próxima da que vai iniciar a partida na sexta-feira às 19h15min.

EDNEI – Das presenças rubro-negras em campo, um jogador agradou a torcida presenta ao Bento Freitas. Trata-se do lateral-direito Ednei, que já defendeu o Brasil mas este ano vestiu a camisa do Novo Hamburgo na disputa do Gauchão. Ednei já está há alguns dias na Baixada, de contrato assinado, e à disposição do técnico para encaram o adversário “paulista” na arrandada da competição nacional.

RB Bragantino

O adversário do Brasil que estará em campo, na próxima sexta-feira, ainda é uma incógnita: sabe-se apenas que a base do time é a mesma que foi campeã do interior, do Campeonato Paulista deste ano, ainda como RB Brasil, com sede em Campinas. Só. Administrativamente, por uma soma financeira considerável, de alguns milhões de Reais, o Bragantino deu lugar ao Red Bull Brasil, juntamente com sua vaga na Série B do Campeonato Brasileiro.

Os novos gestores assumem o controle do futebol do clube de Bragança Paulista aproveitando os seus jogadores que disputaram o Paulistão e mais alguns do atual elenco do Bragantino. A empresa também promete injetar novos recursos para contratações, com o objetivo de brigar pelo acesso ao Brasileirão de 2020.

A empresa austríaca estava a procura de um novo parceiro para ampliar seus investimentos no futebol brasileiro. O RB Brasil atualmente está bem longe da elite do futebol nacional. Por isso, era necessário assumir o controle de um time numa divisão acima. Ou seja, chega de olho numa vaga na Série A nacional, em 2020.

A companhia tem equipes nos Estados unidos, New York Red Bulls, na Alemanha, RB Leipzig e o mais famoso na Áustria, o Red Bull Salzburg, citado por grandes nomes do futebol, como Pep Guardiola. No Brasil, o time foi fundado em 2007, porém ainda não obteve sucesso como em outros países.

Somente quatro atletas que defenderam o Bragantino no Campeonato Paulista seguem no clube: o goleiro Alex Alves, o meia Vitinho e os atacantes Matheus Peixoto e Wesley. O restante do elenco é formado por jogadores que estavam no RB Brasil.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções