Diário da Manhã

segunda, 10 de agosto de 2020

Notícias

BRASIL : Série B não vai esperar pelo Xavante

09 julho
09:27 2020

O Brasil não pegava lugar à janela no ônibus de cada temporada. A rotina a partir de 2017 passou a ser terminar a Série B e não ter tempo hábil de preparação para o Campeonato Gaúcho. Esse calendário recheado, desejo dos clubes do interior, ao mesmo tempo sufocava o tempo para o Rubro-Negro. A situação atual, para a retomada do futebol após os meses de quarentena em função da pandemia, é novamente de preocupação com o tempo.

Preocupação para Hemerson Maria: CBF cravou sua bandeira no calendário e não espera pelos clubes

Preocupação para Hemerson Maria: CBF cravou sua bandeira no calendário e não espera pelos clubes

A prefeita Paula Mascarenhas liberou os treinamentos físicos ao ar livre para o Brasil e para o Pelotas. As atividades devem ser retomadas no Bento Freitas nesta quinta-feira (9). A Série B do Campeonato Brasileiro é sinalizada para começar daqui a um mês, em 8 de agosto. Quanto às preparações física, técnica e tática, há enorme dúvida quanto ao que o Xavante pode render nessa volta da temporada.

O tempo de um mês de inter-temporada seria considerado bom se os jogadores não estivessem há tanto tempo em casa. A última partida oficial do Xavante foi em 15 de março, no empate com o Ypiranga. Ou seja, são quase quatro meses sem jogos, em um mês prorrogado de férias e quase três de home office. Retomar o físico ideal e preparar o elenco em parte técnica, no retorno ao contato com a bola, e parte tática, nos conceitos de Hemerson Maria e entrosamento entre os atletas, serão tarefas árduas.

“A Série B vai começar no dia 8 de agosto. A CBF não vai esperar pelo Brasil, por outro clube ou pelas cidades”, salientou o presidente xavante, Ricardo Fonseca. Em vista disso, o Brasil pressionou as autoridades municipais e

conseguiu o novo decreto para autorizar treinamentos físicos na Baixada. Ainda sem autorização para os coletivos, resta saber quando a nova comissão técnica conseguirá realizar os trabalhos desejáveis de preparação.

Vale lembrar que o Brasil tem a expectativa de pelo menos mais cinco reforços a serem anunciados oficialmente. Esses jogadores precisam se preparar e se entrosar com os companheiros. Um novo executivo de futebol, cargo vago desde 2019 no Xavante, deve ser anunciado nos próximos dias. O último ponto é o lembrete de que o Rubro-Negro possui uma rotina pesada de viagens durante as Séries B. Este ano não será diferente e o pior: com tempo mais curto entre uma partida e outra. Novamente é o Brasil pressionado pela areia da ampulheta.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções