Diário da Manhã

terça, 21 de agosto de 2018

Notícias

Câmara aprova CPI dos exames de pré-câncer

Câmara aprova CPI dos exames de pré-câncer
17 julho
16:22 2018

Dos 21 vereadores 19 assinaram o requerimento apresentado pelo presidente da Comissão de Saúde, Marcos Ferreira, o Marcola (PT)

As denúncias de fraudes nos laudos dos exames de pré-câncer de colo de útero feitas semana passada pela imprensa serão investigada pela Câmara de Vereadores de Pelotas através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O requerimento para abertura da CPI apresentado ontem pelo presidente da Comissão de Saúde, Marcos Ferreira, o Marcola (PT) foi assinado por 19 dos 21 vereadores. Apenas Cristina Oliveira (PDT) e Fabrício Tavares (PSD) que estão viajando não assinaram o documento, mas já demonstraram apoio à iniciativa. Na próxima semana o presidente da Casa, Anderson Garcia (PTB) deve autorizar a formação da CPI e o início dos trabalhos.

“Não queremos condenar ninguém antecipadamente, mas posso dizer que esta será a maior investigação já feita pelo Parlamento de Pelotas em toda sua história, pois se trata de apurar um caso gravíssimo que diz respeito à vida de pessoas”, disse Marcola.

 

Ainda pela manhã Marcola apresentou requerimentos que serão despachados amanhã pela Comissão de Saúde para a Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal (MPF) e Prefeitura. O primeiro solicita que a PF recolha todas as amostras encaminhadas pela rede básica de Pelotas e que estão em poder do Laboratório Serviço Especializado em Ginecologia (SEG) responsável pela realização dos laudos, com o objetivo de serem novamente analisadas por outra instituição e os resultados possam ser comparados. “Essas lâminas são provas que precisam ser recolhidas urgentemente até mesmo para prevenir qualquer possível tentativa de destruição ou adulteração destes materiais”, justifica.

Ao MPF Marcola vai solicitar apoio para agilizar o recolhimento das amostras e para a Prefeitura solicitará todos os documentos relacionados ao contrato com o laboratório e sobre todos as coletas de materiais de pré-câncer realizadas pelos postos da cidade nos últimos cinco anos. “A prefeita diz que irá refazer mil exames, mas isso não basta, é preciso refazer todos os exames dos últimos anos e queremos saber ainda quantas mulheres realizaram seu pré-câncer nos postos da rede e quais resultados receberam”, declara.

Apesar do recesso parlamentar, que se estende até o início da agosto, o vereador pretende manter a Comissão de Saúde mobilizada para recolher o maior volume de documentos e evidências necessárias para embasar o trabalho da CPI. “Não iremos parar de trabalhar, porque se a Prefeitura só se mexeu um ano após receber a denúncia nós iremos correr contra o relógio para garantir que ninguém corra o risco de morrer por causa dessas possíveis fraudes”.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções