Diário da Manhã

quinta, 17 de outubro de 2019

Notícias

CANTO LIRICO : Soprano apresenta recital na Argentina

19 setembro
08:37 2019
Jaguarense Renata Gonçalves ministra aulas de canto

Jaguarense Renata Gonçalves ministra aulas de canto

 

Por Carlos Cogoy

Nesta sexta à s 21h, a cantora lírica Renata Gonçalves estará participando do Gala Lírica Internacional, que acontecerá em Mendonza na Argentina. No evento que, além de músicos argentinos, também contará com a soprano colombiana Alejandra Pineda, a jaguarense Renata Gonçalves estará interpretando duas árias: “Quando m’en vo” da ópera La Bohème do compositor italiano Giacomo Puccini (1858/1924); “Quel guardo il Cavaliere” da ópera Don Pasquale do compositor Gaetano Donizetti (1797/1848). Além das árias, a soprano que está concluindo a formação em música na UFPel, também apresentará a canção “Amores em lágrimas”, autoria do compositor brasileiro Cláudio Santoro (1919/1989). Conforme Renata, o convite para o Gala Lírico, foi de músico argentino, colega de curso realizado em Buenos Aires ano passado. Assim, a programação não está vinculada a atividade acadêmica. E o recital desta sexta, acrescenta a soprano gaúcha, conta com apoio do Consulado Geral do Brasil na Argentina.

EXTERIOR – Em 2017, então aluna da professora Magali Richter na UFPel, Renata foi selecionada como bolsista no estúdio Ópera Salta Lírica. Assim, durante período, mensalmente ela deslocou-se até Salta – noroeste da Argentina. Desde então, diz a cantora, tem recebido orientação da mezzosoprano Alejandra Malvino, cantora contratada e professora de técnica vocal do teatro Colón. A estada no país vizinho, possibilitou novo repertório. E Renata através do espetáculo “Nosotros”, passou a cantar músicas de Alberto Ginastera, Alberto Williams, Juan Pedro Esnaola, Carlos Guastavino e Astor Piazzolla.

APRENDIZADO – Renata acrescenta: “Eu não tenho mais vínculo com o estúdio Ópera ao qual fui selecionada em 2017. Contudo sigo tendo orientação vocal com a mezzosoprano Alejandra Malvino, que é cantora contratada pelo Teatro Cólon, e também atua como professora do Instituto Superior de Artes (ISA) do Teatro Cólon. Minha última ida a Buenos Aires foi em julho, quando fiquei uma semana realizando o workshop idealizado pela regie Lizzie Waisse, também professora do ISA Lizzy, e ministrado em conjunto com a Alejandra Malvino, e a pianista Susana Cardonet, que trabalhou como repertorista e correpetidora por trinta anos no Teatro Cólon”.

FORMATURA – Renata Gonçalves conta que desde os cinco anos está envolvida com a música. À época, sua participação era nos vocais da igreja. Posteriormente, veio para Pelotas, onde formou-se em direito há sete anos. No curso, conheceu  o tenor João Ferreira filho, que a incentivou ao canto lírico. Assim, em 2015, ingressou no bacharelado em música na UFPel, onde atualmente é aluna do barítono Jonas Klug Silveira. Colaboradora da Orquestra de Câmara da UFPel, ela também integrou a Sociedade Pelotense Música pela Música (SPMM). O recital de conclusão do curso na UFPel, diz Renata, será no dia 30 de outubro às 19h30min. “Una donna”, conforme explica, visa “encenar esquetes de óperas de diferentes períodos da música”. Haverá participação do pianista jaguarense Octávio Machado, concepção cênica da professora e mezzosoprano Cristine Bello Guse, e direção vocal de Jonas Klug Silveira.

CAMERATA – No dia 30 de setembro, Renata participará da estreia da camerata Simões, cuja regência será do estudante de composição Daniel Carnales. A programação será no salão Milton de Lemos do Conservatório de Música da UFPel.

AULAS de canto com Renata, acontecem na Plural Singer Studio, espaço idealizado pelo tenor João Ferreira Filho. Rua Santa Cruz 1989. Informações na Fanpage, ou no fone (53) 9 8408.5645.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções