Diário da Manhã

segunda, 10 de agosto de 2020

Notícias

Castração de cães começa nesta quinta-feira

23 abril
16:46 2014

Terá início nesta quinta-feira (24/04/14) o projeto de castração de cães, viabilizado pelo convênio entre a Secretaria de Saúde (SMS) e a ONG SOS Animais. “O valor respectivo ao serviço entrou na nossa conta na última quinta-feira. Agora estamos comprando o material e nesta quinta, a partir das 8h30, começamos a castrar o primeiro lote de cães do Canil Municipal”, adianta Lorena Coll, veterinária da SOS Animais. Somente do Canil, serão dois lotes de 15 animais cada.

Serviço irá atender cães de rua

Serviço irá atender cães de rua

Lorena diz que a maior parte dos procedimentos de esterilização será voltada aos animais encontrados nos mutirões realizados pela ONG na periferia da cidade – as próximas são no Navegantes, no Pontal da Barra e às margens do Canal Santa Bárbara. “A parceria visa castrar cães de rua ou semidomiliciados cujos responsáveis não tenham condições financeiras de pagar pelo procedimento”, explica a veterinária.

Também serão atendidos animais de comunidades ou “protetores” (pessoas que abrigam e cuidam de dezenas de animais), cães dos trabalhadores da ONG e solicitações de pessoas de renda baixa comprovada – até dois salários mínimos. Os pedidos devem ser encaminhados, exclusivamente, pelo e-mail  [email protected].

O convênio prevê a realização de 300 castrações a cada 30 dias. A SOS Animais receberá R$ 70,00 por procedimento – em torno de R$ 21 mil mensais, no primeiro ano. A intenção é que a quantidade de castrações aumente, progressivamente, 20% ao ano. Em março, a ONG recebeu cerca de R$ 66 mil do Fundo do Conselho Municipal de Proteção Ambiental (Compam) para investir na estrutura da clínica.

Mais informações podem ser encontradas no blog da ONG http://sosanimaispelotasrs.blogspot.com.br/ e no Facebook SOS Animais Pelotas.

Cães terão microchips -  A prefeitura recebeu doação de 100 microchips Partner, da empresa Partners RFID Technology, de Celso Fernando Dias. A empresa pelotense, com sede no Laranjal, utiliza tecnologia suíça. “Os primeiros animais do projeto de castrações com a SOS Animais serão oriundos do Canil Municipal e receberão estes Chips. Os restantes, em torno de 70, serão utilizados em animais vítimas de maus tratos, abandonados ou cães mordedores viciosos”, adianta Franklin de Souza Neto, superintendente de Vigilância em Saúde/SMS.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções