Diário da Manhã

segunda, 11 de novembro de 2019

Notícias

Comandante do CRPO/Sul fala sobre a implantação do Policiamento Comunitário

28 janeiro
08:41 2014

O comandante do CRPO/Sul, coronel Paulo Roberto da Rosa Duarte, durante a solenidade de entrega de viaturas para a Região Sul do Estado, que aconteceu no sábado, na Praia do Laranjal, falou sobre a implantação do Policiamento Comunitário em Pelotas.

“O policial é um dos moradores do bairro onde está inserido o seu núcleo de ação. Com isto há uma maior interação; a comunidade passa a ter uma maior confiança, criando um vínculo que – através de ações preventivas e do contato permanente com a comunidade – durante a realização das ações policiais, contribui para a garantia da segurança”, comentou o comandante regional.

“O policial é um dos moradores do bairro onde está inserido o seu núcleo de ação. Com isto há uma maior interação; a comunidade passa a ter uma maior confiança, criando um vínculo que – através de ações preventivas e do contato permanente com a comunidade – durante a realização das ações policiais, contribui para a garantia da segurança”, comentou o comandante regional.

No contato, o comandante comentou acerca da origem das viaturas que estavam sendo entregues naquele momento pelo governador do Estado, oriundas do Processo  de Participação Popular Cidadã (PPC) e da Estratégica Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), dizendo quais recursos seriam direcionados para o município, auxiliando na segurança e aumentando a tranquilidade da população.

Ao se manifestar sobre o policiamento a ser implementado em Pelotas nos próximos meses, apontou a modalidade como um trabalho diferenciado. “O policial é um dos moradores do bairro onde está inserido o seu núcleo de ação. Com isto há uma maior interação; a comunidade passa a ter uma maior confiança, criando um vínculo que – através de ações preventivas e do contato permanente com a comunidade – durante a realização das ações policiais, contribui para a garantia da segurança”, comentou o comandante regional.

PELOTAS – A partir de março de 2014, em um trabalho conjunto da Secretaria de Segurança Pública (SSP), 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM) e Prefeitura Municipal de Pelotas, será implantado o policiamento comunitário na cidade.

A cidade de Pelotas conta hoje com uma população aproximada de 329.000 habitantes, com um variado número de estabelecimentos de ensino e um grande centro comercial, tanto na área central como nos bairros, o que acaba por atrair pessoas de varias regiões para conhecer e usufruir de tais recursos.

Para atender tal demanda, está previsto a instalação de 11 núcleos de Policia Comunitária. Os bairros que receberão os núcleos foram escolhidos de acordo com o potencial para o desenvolvimento do Projeto.

O objetivo maior consiste em aproximar a policia da comunidade e através desta estreita relação, reduzir os índices de criminalidade da região. Para executar esta atividade, já estão sendo selecionados os policiais militares que, em um primeiro momento, tenham o perfil para trabalhar no Projeto. Outro requisito é que os policiais residam nos bairros onde será implantado o Projeto Policia Comunitária. Após a seleção dos policiais, terá inicio a qualificação dos mesmos que se dará através do Curso de Polícia Comunitária.

A implementação acontecerá a partir do recebimento dos recursos que consistem em viaturas, kit de proteção individual, coletes, armamento e rádio transceptor entre outros, para a implementação dos núcleos de policiamento comunitário.

Com a presença da viatura e do policial nos bairros, haverá uma melhor e mais rápida resposta no atendimento da população, sabendo-se que para se obter a eficácia na execução do processo, torna-se necessária também a participação da comunidade da região.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções