Diário da Manhã

sexta, 06 de dezembro de 2019

Notícias

CONSTRUÍNDO SABERES : Projeto resgata a autoestima e reduz a evasão com reforço escolar

CONSTRUÍNDO SABERES : Projeto resgata a autoestima e  reduz a evasão com reforço escolar
28 novembro
08:29 2019

Para celebrar o ano de dedicação e esforço dos alunos e professores envolvidos no projeto Construindo Saberes, a Prefeitura organizou uma tarde de esporte, lazer e homenagens no Ginásio Municipal, na terça-feira.

A iniciativa está presente em 21 escolas de ensino fundamental e beneficiou 342 alunos de anos iniciais e finais, em 2019, com grupos de estudos realizados no turno inverso para reforçar o conteúdo, produzir trabalhos e, sobretudo, multiplicar o conhecimento responsável por encaminhá-los à aprovação do ano.

INICIATIVA também busca corrigir a distorção idade/ano e fortalecer o vínculo entre professores e alunos

INICIATIVA também busca corrigir a distorção idade/ano e fortalecer o vínculo entre professores e alunos

Os principais objetivos do projeto, que integra as estratégias do Pacto Pelotas pela Paz, são evitar a evasão escolar – um dos fatores de risco para a violência –, resgatar a autoestima, fortalecer o vínculo com professores e minimizar a distorção idade/ano.

A construção coletiva dos saberes é repercutida positivamente através dos números: de 229 estudantes, de 6º e 7º anos, 114 avançaram logo no primeiro trimestre. Entre eles, estão 16 da Emef Jacob Brod, nas Três Vendas, que melhoraram o rendimento em sala de aula e, consequentemente, as notas nos exames.

“É o quarto ano do projeto na escola e os resultados são maravilhosos. De 19 alunos, 16 avançaram. Além de português e matemática, as professoras trabalham o lado afetivo e emocional, fazendo com que se sintam acolhidos e seguros. É assim que o conhecimento flui e resgatamos os jovens”, disse a coordenadora do projeto nos anos finais, Josiani Molina.

Nos pequenos grupos de estudo, as dúvidas que ficaram do conteúdo podem ser resolvidas com o auxílio das professoras e, ainda, com a integração entre os colegas. O aumento da autoestima e da autonomia também é evidenciada nos participantes, contou a coordenadora dos anos iniciais, Patrícia Gielow. Isso porque a iniciativa incide, especialmente, nas dificuldades que os alunos têm.

“Conforme vão superando as dificuldades, se sentem mais motivados para avançar”, ressaltou.

O secretário de Educação e Desporto, Artur Corrêa, destacou a atividade desta terça como mais um momento de valorização dos estudantes e reconhecimento aos docentes.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções