Diário da Manhã

sexta, 06 de dezembro de 2019

Notícias

DESPEDIDA AMARGA : Brasil fecha o ano sofrendo goleada em Campinas

DESPEDIDA AMARGA : Brasil fecha o ano sofrendo goleada em Campinas
27 novembro
09:09 2019

Xavante não encontrou a Ponte Preta no Moisés Lucarelli e termina com 44 pontos

A Série B do Campeonato Brasileiro terminou com a maior derrota sofrida pelo Xavante na temporada. Os 4×0 da Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli não foram piores porque o Brasil já havia garantido a permanência na B há rodadas. Mesmo assim, termina o ano de 2019 com mais derrotas do que vitórias e com os últimos cinco jogos sem vencer. Agora é descansar, em férias para jogadores e para os torcedores, que estavam aflitos antes do alívio. A diretoria é que segue correndo para pagar os salários atrasados, tentar renovações contratuais e novos contratados para 2020. O Gauchão começa em 22 de janeiro.

Árbitra catarinense Charly Straub estreou na Série B em arbitragem plenamente feminina

Árbitra catarinense Charly Straub estreou na Série B em arbitragem plenamente feminina

No jogo, não há o que comentar. Logo no começo, Lucas Mineiro fez 1 a 0 para a Macaca de Campinas. O garoto Bill, oportunizado da base, ampliou. Ele chorou na entrevista do intervalo. Aos 20’, já estava 3×0 com o experiente meia Renato Cajá. Este foi o placar da etapa inicial. A partida ficou marcada pela arbitragem feminina da catarinense Charly Straub, auxiliada por Bárbara Loiola e Gizely Casaril. As mulheres conduziram bem o jogo.

Até na expulsão de Ednei houve a aplicação de critério. Já tinha amarelo e cometeu falta para novo cartão. Acabou com o cartão vermelho. Na cobrança da falta, Araus bateu e Leandro Leite desviou contra. Carlos Eduardo, destaque na B, nada conseguiu fazer para evitar a goleada. Ele deixa em aberto se permanece, mas tem o desejo de ficar no clube. Bruno Aguiar e Leite estão na mesma situação. É a preferência do Brasil renovar com a sua defesa, apesar da má jornada de despedida. Futebol profissional agora só em 2020.

FICHA TÉCNICA: PONTE PRETA 4×0 BRASIL

PONTE PRETA: Ivan; Mateus, Léo, Diego Trevisan e Arnaldo; Lucas Mineiro, Camilo, Bill, Renato Cajá, Dadá e Roger. Técnico: Gilson Kleina.

BRASIL: Carlos Eduardo; Ednei, Bruno Aguiar, Nirley e Formiga; Leandro Leite, Jatobá, Murilo Rangel (Maicon Assis), Juba (Ricardo Luz), Ari Moura (Cristian) e Guilherme Queiroz. Técnico: Bolívar.

  • ÁRBITRA: Charly Straub, auxiliada por Bárbara Loiola e Gizeli Casaril.
  • GOLS: Lucas Mineiro, Bill, Cajá e Leandro Leite (contra).
  • Partida válida pela 38ª rodada da Série B do Brasileiro.
  • Ponte Preta 47p. Brasil 44p

Imagem 7

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções