Diário da Manhã

segunda, 10 de agosto de 2020

Notícias

 Mais recentes

Dnit dá parecer favorável ao novo acesso ao Porto de Pelotas

Dnit dá parecer favorável ao novo acesso ao Porto de Pelotas
24 abril
14:47 2014

“O assunto do novo acesso ao Porto de Pelotas ficou muito bem encaminhado junto ao Dnit. Nossa expectativa é contar com a nova ponte elevada quando terminar as obras de duplicação da BR-116, ainda em 2015”, adiantou, entusiasmado, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sdet), Fernando Estima, após participar de reunião, na tarde desta quarta-feira (23/04/2014), com o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (Dnit) em Brasília, general Jorge Ernesto Pinto Fraxe.

O projeto deverá ficar pronto em 60 dias, e será elaborado pela prefeitura de Pelotas e pelo o Governo do Estado

O projeto deverá ficar pronto em 60 dias, e será elaborado pela prefeitura de Pelotas e pelo o Governo do Estado

A reunião foi solicitada pelo vice-governador do Estado do Rio Grande do Sul, Beto Grill, representado na ocasião por seu assessor Luís Carlos Mattozo, e também contou com a presença do diretor de Logística da Celulose Riograndense, Roberto Hallal e de integrantes do Dnit. Ficou acordado, no encontro, que a prefeitura de Pelotas e o Governo do Estado farão juntos o projeto, que deve ser entregue em 60 dias.

Estima conta que o Dnit fez uma análise técnica prévia do pré-projeto, desenvolvido com o auxílio do engenheiro Vladimir Casa, do Dnit/Pelotas/RS, que apresenta sugestão de traçado e da técnica que seria usada para a construção do novo acesso – com base no Decreto nº 8.113 de 30 de setembro de 2013, que regula as obras emergenciais para acessos a portos – e deu parecer favorável, indicando que está disposto a destinar os recursos federais oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) à obra. O investimento previsto para a construção da ponte elevada de 1.700 metros de extensão supera os R$ 25 milhões.

Desde o ano passado, o governo municipal de Pelotas tem se empenhado para convencer o governo federal sobre a necessidade de investir no novo acesso ao Porto, e assim contribuir para o crescimento de Pelotas e região. A estimativa é movimentar, através do Porto de Pelotas, mais de 1,5 milhão de toneladas de madeira ao ano.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções