Diário da Manhã

sexta, 06 de dezembro de 2019

Notícias

 Mais recentes

É CAMPEÃO! É CAMPEÃO! : Pelotas coroa campanha evolutiva na Copa Verardi

É CAMPEÃO! É CAMPEÃO!  : Pelotas coroa campanha evolutiva na Copa Verardi
25 novembro
08:36 2019

Por: Henrique König

O Pelotas é o campeão da Copa Federação Gaúcha, este ano nomeada de Copa Verardi. O Lobão segurou o São José no Passo d’Areia no sábado, sofreu um gol apenas de pênalti e, com o placar agregado de 2×1, sagra-se bicampeão de Copa RS. Na campanha, foi segundo no grupo de liderança do Bagé, trocou de técnico com Picoli na vaga de Felipe Endres, que montou o elenco com a direção. Mesmo assim, os jogadores foram evoluindo e fizeram bonito no mata-mata: passagem por Cruz Alta, São Borja, para conquistar vaga na Série D, Caxias, vencendo no Centenário, e São José na grande decisão, com vitória na Boca do Lobo para assegurar outra taça no armário.

Jogo foi bastante disputado no gramado sintético

Jogo foi bastante disputado no gramado sintético

A partida na grama sintética em Porto Alegre foi do São José com o domínio da bola e o Pelotas, com Thiago Costa de volante na vaga de Vacaria, em postura defensiva. Felipe Chaves atuou na zaga com Negretti. Começo de poucas chances. Crystopher finalizou de longe aos 29’ e Mateus Claus espalmou para não se complicar.

A marcação do Pelotas era o trunfo. Além de anular o meio de campo do São José, os poucos espaços surgidos pelas pontas, sobretudo pelo lado direito de ataque do Zequinha, davam em nada nos cruzamentos, com a formação defensiva e a postura firme.

Faltava uma saída rápida e com qualidade com a bola para liquidar o jogo, mas o primeiro tempo passou até ligeiro, sem maior incômodo contra Gustavo Xuxa, então titular, e Rafael Tavares, camisa 10 que voltou ao time do Zequinha. Na melhor jogada deles, serviram Luiz Eduardo aos 37’ e o centroavante chutou de dentro da área para grande defesa de Mateus Claus.

Na arrancada do segundo tempo, 3’, o lance que o Pelotas queria. Contra-ataque, lançamento de Jô para Juliano, este chegou ao fundo, cruzou de volta para Jô, que escorou de cabeça e Giovane chutou sobre a marcação; na sobra,

Mateus Santana mandou por cima. O bom volante Machado, da base gremista, saiu lesionado e Silas entrou no São José.

Rafael Jacques se mostrava nervoso, queria o time em cima do Pelotas, mas os avanços eram em vão. Aos 15’, Crystopher bateu escanteio e Luiz Eduardo cabeceou sem sair do chão, a bola ia ao ângulo e Claus espalmou bonito. O Pelotas tentou na mesma moeda, Busanello cruzou e Negretti mandou de cabeça para defesa de Fábio.

Grupo campeão

Grupo campeão

Aos 20’, já eram 10 escanteios do São José no jogo. Quando Picoli mexeu, com Gabriel Soares no lugar de Juliano e Jean Roberto na vaga do sumido artilheiro do torneio, Giovane Gomez, o árbitro Lucas Horn deu pênalti para o adversário aos 24’. Muita reclamação do Pelotas pelo lance da bola aérea na entrada da área. O goleiro Fábio cobrou, fez e descontou o agregado. O jogo obviamente ficou nervoso. Tavares cruzou e Everton Junior, sozinho, chutou de primeira por cima, em erro da zaga pelotense aos 29’.

Era a velocidade do Zequinha contra a experiência do Lobo. Jean Roberto, de longe, assustou pelo Áureo Cerúleo. Aí o jovem Davis, filho do Tinga, entrou tabelando na área e quase guardou. Thayllon corria pela esquerda e cavava faltas próximas da meta, irritando o time do Pelotas. Foi indefinição até o fim com muitos levantamentos do São José assombrando.

Mas acabou o jogo e o Pelotas comemorou a esperada taça: título da Copa Verardi para acompanhar a vaga na Série D. Bicampeonato de Copa RS: 2008 e 2019, além da Supercopa Gaúcha de 2013 e a Recopa em 2014.

Busanello: “Parabéns para a torcida que veio e fez essa bonita festa”. Tatto: “com essa torcida chega a arrepiar, grandes momentos da minha carreira”.

Negretti: “Éramos favoritos e conseguimos nesse trabalho que começou com o Felipe (Endres)”.

Wallacer: “Todo mundo de parabéns, o Pelotas principalmente. Agradecer, descansar e temos certeza que faremos uma grande equipe para o Gauchão.”

Presidente Gilmar Schneider: “Tarde feliz para nós, entramos para conseguir a vaga e fomos agraciados com o título. A torcida deu um show e o time se comportou como deveria ser”. Com clima de dever cumprido, breves férias aos atletas e depois é reapresentação para futurar no Campeonato Gaúcho.

Time e torcida na sintonia da festa em Porto Alegre

Time e torcida na sintonia da festa em Porto Alegre

FICHA TÉCNICA: SÃO JOSÉ 1×0 PELOTAS

SÃO JOSÉ: Fábio; Márcio Lima, Wagner, Manu (Davis) e Dudu Mandai (Marcelo); Machado (Silas), Crystopher, Rafael Tavares, Gustavo Xuxa (Thayllon), Everton Junior e Luiz Eduardo. Técnico: Rafael Jacques.

PELOTAS: Mateus Claus; Jean Malheiros, Negretti, Felipe Chaves e Busanello; Thiago Costa, Santana e Wallacer; Juliano (Gabriel Soares), Jô e Giovane Gomez (Jean Roberto). Técnico: Picoli.

  • ÁRBITRO: Lucas Horn.
  • GOL: Fábio (26’/2º).
  • LOCAL: Passo d’Areia | Porto Alegre.
  • Partida de volta da final da Copa Antônio Verardi.
  • Pelotas campeão. São José vice.

Fotos : Tiago Winter

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções