Diário da Manhã

quinta, 20 de junho de 2019

Notícias

Eduardo Leite assume governo do Rio Grande do Sul

02 janeiro
09:05 2019

“Vamos suar a camisa e fazer o melhor que pudermos”, garante Eduardo Leite ao assumir o Piratini

O  Rio Grande do Sul já conta com uma nova chefia frente ao Executivo. Eduardo Leite e Randolfo Vieira Júnior assumiram o Palácio Piratini, nesta terça-feira, em uma solenidade que lotou o Salão Negrinho do Pastoreio, em Porto Alegre. O evento, realizado após a posse outorgada na Assembleia Legislativa, marcou a transmissão de cargo do governador José Ivo Sartori para Leite – o governador mais jovem da história recente do Estado.

Assinatura do termo de posse ocorreu ontem no Palácio Piratini

Assinatura do termo de posse ocorreu ontem no Palácio Piratini

Pouco depois das 17h10, o início do protocolo oficial da solenidade deu-se pela leitura da ata de assunção do cargo e as respectivas assinaturas. Em seu primeiro pronunciamento como novo governador dos gaúchos e gaúchas, Eduardo Leite agradeceu os votos de confiança da sociedade gaúcha e pediu unidade para enfrentar os problemas financeiros do Estado.

“Vamos suar a camisa e fazer o melhor que pudermos enquanto equipe e time, não temendo a realidade. E podendo honrar essa enorme expectativa que a sociedade coloca em nossos ombros para que ao final desses quatro anos possamos sair daqui com orgulho. Não estou aqui para receber elogios e aplausos, mas para construir a saída para o nosso Rio Grande. Vou buscar honrar o que dizia a nossa campanha: agora, um de nós é governador”, afirmou Eduardo Leite.

Em meio a autoridades estaduais, municipais e representantes de países, Sartori fez seu discurso de despedida do cargo solicitando que o novo governante dê continuidade aos projetos prioritários para as áreas essenciais. “Como cidadão, desejo que também resista às pressões e aos grupos de interesse, e que foque no bem comum. Serei um colaborador prestativo sempre que houver necessidade de defender o Rio Grande. Precisamos acreditar mais em nosso estado. O povo gaúcho é forte e trabalhador, temos um enorme potencial de inovação. O poder público precisa olhar mais para o Rio Grande que dá certo”, disse José Ivo Sartori.

Eleito por mais de três milhões de votos, Eduardo Leite assume a nova liderança frente aos municípios gaúchos após trajetória consolidada em cargos na Câmara de Vereadores, secretaria municipal, chefia de gabinete e prefeitura de Pelotas. Com 33 anos, Leite é também o mais jovem entre os governadores eleitos no país em outubro de 2018. Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Pelotas, estudou Gestão Pública na Columbia University, nos Estados Unidos, e é mestrando em Gestão e Políticas Públicas na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo.

Novo secretariado

Após a solenidade de transmissão dos cargos de governador e vice-governador, foram empossados os novos secretários de Estado. Entre as novidades anunciadas está a pasta da Administração Penitenciária, sob comando do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, que acumula também a Secretaria da Segurança, e a Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios. Ao total, serão 22 secretários, incluindo as chefias da Procuradoria-Geral do Estado e da Casa Militar.

Eduardo Posse 04

Confira, abaixo, a lista das secretarias de Estado da nova gestão:

Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural

Luís Antônio Franciscatto (Covatti Filho)

Casa Civil

Otomar Vivian

Casa Militar

Coronel Júlio César Rocha Lopes

Comunicação

Tânia Moreira

Cultura

Beatriz Helena Miranda Araújo

Desenvolvimento Econômico e Turismo

Dirceu Franciscon

Educação

Faisal Karam

Esporte e Lazer

João Derly

Fazenda

Marco Aurélio Santos Cardoso

Governança e Gestão Estratégica

Cláudio Leite Gastal

Inovação, Ciência e Tecnologia

Luís da Cunha Lamb

Justiça, Cidadania e Direitos Humanos

Catarina Paladini

Meio Ambiente e Infraestrutura

Artur Lemos Júnior

Obras e Habitação

José Stédile

Planejamento

Leany Lemos

Procuradoria-Geral do Estado

Eduardo Cunha da Costa

Relações Federativas e Internacionais

Ana Amélia Lemos

Saúde

Arita Bergmann

Segurança e Administração Penitenciária

Ranolfo Vieira Júnior

Trabalho e Assistência Social

Regina Becker Fortunati

Transportes

Juvir Costella

Articulação e Apoio a Municípios

Rodrigo Lorenzoni.

Foram anunciados também nomes para as chefias da Polícia Civil (Nadine Anflor), da Brigada Militar (coronel Mario Ikeda), do Corpo de Bombeiros Militar (coronel Cesar Eduardo Bonfanti) e do Instituto-Geral de Perícias (Heloísa Helena Kuser).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções