Diário da Manhã

quinta, 09 de julho de 2020

Notícias

Em novo capítulo, Câmara anuncia compra de prédio para sede

Em novo capítulo, Câmara anuncia compra de prédio para sede
18 dezembro
14:04 2019

Após reunião no Legislativo na manhã desta quarta-feira vereadores definiram local para abrigar nova Câmara de Pelotas

Reviravolta no caso que envolve a decisão sobre a futura sede do Legislativo pelotense. Após anunciar em maio que compraria o imóvel onde está atualmente, a mesa diretora da Câmara, liderada pelo presidente Fabrício Tavares definiu que irá adquirir outro imóvel: o localizado na rua Lobo da Costa, nº 1877 e que abrigou recentemente a fábrica de embalagens Canguru.

A decisão foi tomada por 18, dos 21 vereadores, presentes em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (18). Foram apresentadas três alternativas: o prédio atual (recebeu 1 voto); a construção em terreno cedido no Parque Una (6 votos) e o prédio da rua Lobo da Costa (escolha da maioria, 11 votos).

O novo local que vai abrigar a Câmara de Vereadores possui pouco mais de 8.000m² de área construída e fica dentro do perímetro central. Serão necessárias adaptações para acomodar os 21 vereadores, salas e escritórios dos servidores e demais dependências, como o plenário. O local passou por vistoria de uma comitiva de vereadores, que deu aval positivo.

A área foi oferecida por R$ 5 milhões. “Ainda não fechamos a questão do preço, vamos negociar para reduzir”, disse Fabrício Tavares. O vereador encerra seu mandato à frente da mesa diretora da Câmara com a expectativa de ter colocado um ponto final neste assunto, que se arrasta há 187 anos, desde a fundação da Câmara de Pelotas. “Outro assunto que também conseguimos definir nesta gestão foi a transmissão em sinal aberto da TV Câmara, que começa agora dia 20 de dezembro”, comemorou Tavares.

O presidente da Câmara irá reunir-se com a prefeita Paula Mascarenhas, para acertar a forma de devolução dos R$ 10 milhões emprestados ao Executivo.

O próximo passo será a votação em plenário do projeto que propunha a compra do atual prédio, apresentado por Fabrício Tavares, que manteve sua opção pela compra do imóvel hoje ocupado. Esse projeto seguirá os trâmites e será rejeitado. Após essa etapa, um novo projeto será apresentado com a negociação sobre a compra do imóvel da Lobo da Costa. (HFJ)

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções