Diário da Manhã

sábado, 15 de junho de 2019

Notícias

Feiras comercializam excedente da safra de morango

Feiras comercializam excedente da safra de morango
09 janeiro
09:39 2019

A ampliação de 30% da área cultivada de morango na zona rural de Pelotas é um dos fatores responsáveis pela produção da fruta além do forte da safra (outubro/novembro). Ainda hoje, além do consumidor encontrar o produto nas feiras livres, há pontos de venda no Mercado Central, nas avenidas Bento Gonçalves e República do Líbano, e nas proximidades do Big, com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Os pontos fixos serão mantidos por cerca de mais 15 dias. Depois, cederão lugar às feiras de comercialização da uva, cuja abertura oficial da colheita, no início de fevereiro, já se avizinha.

A SDR avalia a Festa Municipal do Morango/2018, realizada nos dias 10 e 11 de novembro, como um evento que atingiu todos os objetivos. Entre a Festa e as feiras fixas e itinerantes, mais de 7,2 toneladas da fruta foram comercializadas.

“A Festa consolidou a cultura do morango como alternativa de renda para os produtores, especialmente para os jovens, e as feiras em pontos fixos e nos bairros serviram para estimular o consumo e facilitar a compra, principalmente, para os moradores dos bairros”, comenta o secretário Jair Seidel.

A produção local de morango tornou-se bastante expressiva na zona rural de Pelotas, a partir da política de estímulo adotada pela SDR ao produtor. A maior parte é destinada a centrais de abastecimento ou a outras localidades. Agricultores que têm produção extrassafra recebem ajuda para comercializar a fruta.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções