Diário da Manhã

sexta, 15 de dezembro de 2017

Notícias

 Mais recentes

FREAK FESTIVAL : Shows, oficinas e feira do vinil

07 dezembro
08:29 2017

Domingo às 15h30min, banda Freak Brotherz promoverá sete shows na sexta edição de festival

Por Carlos Cogoy

Prestes a completar vinte anos, a banda pelotense Freak Brotherz está finalizando DVD sobre a trajetória. Além da agenda de shows, o grupo também mantém a produção do “Freak Festival”. A sexta edição acontecerá no domingo. A partir das 15h30min, sete shows, oficinas e feira do vinil. Em destaque a participação da DJ Helô. Conforme Solano Ferreira (baixo e voz), e um dos idelizadores do grupo, o festival conta com aporte público, através de aprovação no edital “Apoio a eventos culturais”. A programação será à rua Cel. Alberto Rosa – entre Conde de Porto Alegre e Benjamin Constant -, em frente ao Papuera.

ATRAÇÕES – Além da Freak Brotherz, integrada por Solano, Clovis Motta (bateria, vocal), Igo Santos (guitarra, vocal), e o vocalista Danilo Ferreira, também estarão tocando: Doidivanas; She Hoos Go; PokaSombra; Psico; Solo Fértil; Quintal de Sinhá. No evento, gastronomia vegetariana, feira de vinil, e oficinas. Com o instrumentista Igo Santos, oficina de guitarra. Já com a equipe “Mayhem Produções”, oficina de viodeoclipe.

FREAK: Solano, Clovis Motta, Igo Santos e Danilo

FREAK: Solano, Clovis Motta, Igo Santos e Danilo

IDEIA – Solano observa sobre o festival: “Já nas primeiras edições do ‘Freak Festival’, rolaram mostras com fanzines de artistas locais, e feiras de artesanato. A ideia do festival, assim como todos os shows que foram organizados pela Freak, com bandas locais ou de fora, sempre foi o de promover o som autoral. Hoje existem mais espaços virtuais para divulgar o trabalho autoral. Mas somos do tempo da fita ‘demo’, e acompanhamos todos esses processos que não param de evoluir. Porém, confesso que a banda prefere dar o seu recado no palco, onde nos sentimos em casa. É o nosso chão”.

BROTHERZ – O baixista avalia sobre a motivação e repercussão da banda: “Seguimos com o mesmo tesão de quando a banda começou. O mesmo gás, o mesmo frio na barriga antes de subirmos no palco. Como diz a letra da música Freak Brotherz tá em casa: ‘se forem três ou mil, não importa quantos têm’. A gente vai subir no palco com sangue nos olhos e baixar a lenha. E uma das coisas que nos honra muito, é que temos um público que nos acompanha desde os primeiros shows. Hoje, eles levam os filhos. Então, preferimos chamar de ‘brotherz’, pois temos um ótimo relacionamento com quem acompanha a banda. É claro que, nos quase vinte anos de banda, o público se renovou, e como se renovou. É muito revigorante ver caras novas nos shows. Como Pelotas tem uma grande rotatividade de estudantes, que procuram os cursos técnicos e universidades, é muito legal saber que eles levam o nosso som para outros locais. Muitas vezes, retornam para suas casas e levam nossos CDs, apresentando aos amigos. Além disso, trocamos ideias sobre o que gostam, de onde são e o que escutam. Assim, é claro, fazemos novos amigos”.

Doidivanas by Luigi SodréDOIDIVANAS, será uma das atrações do VI FREAK FESTIVAL. Conforme divulgação: “Com duas décadas de carreira artística, a ‘Doidivanas’ lança em 2017 seu quinto álbum, chamado ‘Próximos Distantes’, com treze faixas, que incluem composições inéditas, criadas ao longo da trajetória, além de releituras de autores gaúchos. As influências do trabalho circulam entre o rock, o folk, a música regional brasileira e a world music”. No grupo: Felipe Mello (voz, violão); Rodrigo Osório (baixo); Conceição (guitarra); dMart (bateria); Cuca.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções