Diário da Manhã

segunda, 22 de abril de 2019

Notícias

GP CIDADE DO RIO GRANDE : Bolt da Lagoa é o grande campeão

11 fevereiro
09:19 2019

Montado por Volmir Queiroz Ferreira o alazão ganhou o clássico com tempo de 123 segundos

Em uma prova disputada metro a metro entre os seis competidores, Bolt da Lagoa levou a melhor e levantou a taça no Grande Prêmio Cidade do Rio Grande 2019. Conduzido pelo jóquei Volmir Queiroz Ferreira, 50 anos, o Soledade, o alazão pertencente a Viriato Farias Mattar e treinado por Wanderlei Almeida cravou o tempo de 123 segundos nos 1.900 metros. O movimento geral de apostas foi de R$ 69,9 mil.

Diante de um público estimado em duas mil pessoas, conforme a Brigada Militar (BM), o alazão criado pelo Haras Paraíso da Lagoa se impôs entre os líderes da prova já na largada sendo atacado por Hubli com quem travou um duelo titânico durante toda a reta oposta. A briga permaneceu até os últimos 300 metros quando Bolt da Lagoa assumiu a primeira colocação enquanto Big Stick e Dante Alighieri avançaram por fora simultaneamente. Apesar de todo o esforço o grandalhão Big Stick não conseguiu ultrapassar o líder que venceu por meia cabeça em uma das chegadas mais emocionantes dos últimos tempos.

“A dificuldade da prova me surpreendeu, achei que seria mais fácil, mas no final deu tudo certo”, diz o jóquei que agora é o bicampeão do clássico. Ano passado V.Q. Ferreira havia ganho o GP com Grenadier. “Este foi o terceiro Cidade do Rio Grande que eu corro e o segundo que venço e no primeiro terminei em segundo lugar em decisão na foto”, conta.

DOMINGUEIRA turfística na Tablada teve páreos espetaculares FOTO: João Pedro Macedo/JCP – Especial DM

DOMINGUEIRA turfística na Tablada teve páreos espetaculares
FOTO: João Pedro Macedo/JCP – Especial DM

VELOCIDADE - Na segunda prova mais importante do dia, os 1200 metros, a vitória ficou com Energia Indigo montado por Leonardo Gouvêa, 28 anos. O castanho de Alberto Miorim treinado por Elziar Santos conseguiu uma vitória surpreendente após largar em último e permanecer no final da tropa durante os primeiros 500 metros enquanto Pokey Joe liderava seguido por Exponential. Na entrada da reta final Barulhento tomou a frente e começou a abrir vários metros de distância, porém Energia Indigo reagiu e partiu para cima do líder a quem alcançou nos metros finais e ultrapassou quase na chegada trazendo de carona I’ll Be Good que entrou em segundo.

NOVO LÍDER – O domingo de corridas marcou, ainda, a troca na liderança do campeonato de jóqueis do Jockey Club de Pelotas. Após vencer o primeiro e o terceiro páreo montando Loira da Lagoa e Red Secret, respectivamente, Claudinei Farias, 24 anos, ultrapassou Cenoir Macedo e chegou a nove vitórias na temporada. “Mesmo não ganhando o GP valeu a pena porque assumir a liderança é muito bom, pois trabalho sempre perseguindo as vitórias. Agora é trabalhar mais e me dedicar para vencer mais provas”, diz o jóquei que já tem 47 vitórias em Porto Alegre nesta temporada e tenta unificar os títulos como fez em 2015.

O próximo final de semana de corridas será no dia 3 de março quando Pelotas sediará pela primeira vez o GP Cidade de Santa Maria.

Comentários ()

Seções