Diário da Manhã

segunda, 24 de fevereiro de 2020

Notícias

HEROICO : Xavante faz churrasco no Bezerrão

13 fevereiro
08:23 2020

Jogo absolutamente maluco em Brasília coloca o Rubro-Negro na segunda fase da Copa do Brasil

Por: Henrique König

No sangue e na raça: o ataque funcionou, a defesa passou por uma prova de fogo, mas o Xavante avança para a segunda fase da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, em Brasília, diante do Gama, no estádio Bezerrão, o placar de 3×3 serviu para o Brasil sair classificado. Os gols rubro-negros foram de Wesley, Simião, de pênalti, e Gabriel Poveda. A trama do Gama veio com Nunes, de pênalti, Luquinhas e Platini. Apesar da pressão de todas as formas, os do Distrito Federal se despedem e o Brasil é quem segue no torneio, com premiação extra de 540 mil reais.

A partida começou com as tentativas do Gama de entrar com a bola, mas a resposta xavante foi certeira. Wesley Pacheco, aos 8 minutos, aproveitou a sobra na grande área e fez 1×0 para o Brasil.

A comemoração durou pouco, pois o árbitro marcou um pênalti para o Gama. Ele estava longe do lance. Nunes cobrou firme e empatou: 1×1. Era momento de conter os ânimos, porque o empate ainda daria a classificação. Mas, ao contrário, a arbitragem acabou expulsando o assistente Cirilo, no banco de reservas do Brasil.

Jogo absolutamente maluco em Brasília coloca o Rubro-Negro na segunda fase da Copa do Brasil

Jogo absolutamente maluco em Brasília coloca o Rubro-Negro na segunda fase da Copa do Brasil

No jogo dos assombros, o Xavante voltou à frente em cobrança de pênalti. Wellington Simião deslocou o goleiro e pôs na rede. Outra vez a comemoração inexistiu na sequência: escanteio cobrado por Tarta e Luquinhas desviou para igualar em 2×2, aos 31 minutos.

O primeiro tempo seguiu frenético, com a chuva como aditivo. Entre os muitos cartões amarelos da etapa, o goleiro Matheus Nogueira recebeu por cera. O Gama era um time ofensivo e a defesa xavante tentava conter a organizada equipe do

técnico Taddei. No segundo tempo, esse era o desenho: os mandantes tentando ampliar a posse de bola pelas laterais e o Xavante postado atrás.

As reviravoltas não cessavam: Cristian foi expulso por falta forte cometida aos 13 minutos, para desespero do banco de reservas. Mas, quando a bola voltou a rolar, Gabriel Poveda foi esperto e decisivo. Aos 16’, entrou na área em velocidade e colocou o 3 a 2 no placar.

Em troca histórica, o Gama pôs Platini no lugar de Balotelli. Com muita vontade, o Xavante foi de Leandro Leite na vaga de Simião. Era pressão dos locais. O bom meia Tarta era o tártaro que impedia a consagração do sorriso xavante. O Brasil tentava reter a posse de bola no ataque, mas o predomínio era da panela de pressão do Gama.

Aos 40’, outro lance inusitado: Matheus Nogueira falhou feio e a cabeçada de Platini foi para a rede: 3×3. O dramático desfecho reservou o apito final somente para os 52 minutos. Em cruzamento para área, Matheus afastou de soco e o árbitro encerrou. O Rubro-Negro, aguerrido e bravo, está na segunda fase da Copa do Brasil.

Presidente Ricardo Fonseca afirma que vai se reunir com pessoas de seu agrado para definir seu futuro no clube. Expectativa sobre a definição de sua permanência ou renúncia.

FICHA TÉCNICA: GAMA 3×3 BRASIL

GAMA: Rodrigo Calaça; Marcos Baiano, Gustavo, Emerson e Paulo Henrique; Balotelli (Platini), Tarta, Andrei Alba, Luquinhas, Jeferson Maranhão e Nunes. Técnico: Vilson Taddei.

BRASIL: Matheus Nogueira; Ednei, Lázaro, Héverton e Bruno Santos; Revson, Simião (Leandro Leite), Maicon Assis, Cristian, Poveda e Wesley (Nathan). Técnico: Gustavo Papa.

ÁRBITRO: José Woshington da Silva, auxiliado por Bruno Vieira e Fernando Antonio Júnior (trio pernambucano)

GOLS: Nunes (12’), Luquinhas (31’) e Platini (40’/2°) | Wesley (8’), Simião (29’), Poveda (16’/2°).

EXPULSÕES: Cristian e Nathan (Brasil).

Partida única da disputa da primeira fase da Copa do Brasil 2020

 

PLACAR

COPA DO BRASIL

  • Brusque 2×1 Sport Recife
  • Caucaia 1×2 São José
  • Bangu 1×1 Oeste-SP
  • Frei Paulistano 1×2 Remo
  • Bragantino 1×2 Ceará
  • Alagoinhas 0×0 Botafogo-PB

 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções