Diário da Manhã

domingo, 05 de julho de 2020

Notícias

LEI DE INCENTIVO : Projeto cultural “Canal Satolep” está com inscrições abertas

LEI DE INCENTIVO :  Projeto cultural “Canal Satolep”  está com inscrições abertas
08 junho
08:58 2020

Inscrições para música, teatro, cinema, literatura e artes visuais

Por Carlos Cogoy

Egresso da formação em teatro na UFPel, Carlos Escouto está à frente de projetos culturais. Numa parceria com Cauê Fuhro Souto, ele está divulgando o projeto “Canal Satolep”. A ideia é proporcionar apresentações digitais de artes cênicas, música, cinema, literatura e artes visuais. O projeto visa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, fomentar atividades aos trabalhadores da cultura. O selecionado receberá R$300,00 de cachê, e as inscrições estão abertas até dia 19 deste mês.

IDEIA – Conforme Escouto, a ideia é oferecer uma alternativa aos grupos locais. Ele prevê a participação de até 125 trabalhos, e o cachê será de R$300,00. Para participar, é necessário preencher o formulário de inscrição, que está disponível na fanpage do “Canal Satolep”. Dúvidas e informações também podem ser através do WhatsApp: (53) 9 8439.6412. Email: [email protected]

Produtor cultural Carlos Escouto

Produtor cultural Carlos Escouto

PARTICIPAÇÃO – Cada trabalho terá apresentação com mínimo de cinco minutos, e máximo de vinte. De acordo com Escouto, para a execução, deverão ser obedecidas as normas sanitárias determinadas pelo governo do Estado. A exibição digital acontecerá na fanpage do projeto, bem como no canal do Youtube.

TRÂMITE – O produtor cultural acrescenta que, encerradas as inscrições, uma comissão estará realizando seleção. Entre os nomes já definidos, produtores Cauê e Escouto, diretor teatral Flávio Dornelles e professora Flávia Nascimento (dança/UFPel). Destaques de outras áreas, serão convidados para integrar o grupo. A ideia é que no dia 21 já seja divulgada a lista dos selecionados. E no dia 22, o projeto, acrescido da lista dos selecionados, bem como as cartas de manifestação de patrocínio de empresas – com a lei de incentivo, o valor investido é abatido de impostos -, bem como uma expressão de apoio da Secretaria de Estado da Cultura, será encaminhado para apreciação no Conselho Estadual de Cultura.

APRESENTAÇÕES – Escouto observa que o Conselho Estadual, recebendo o projeto, terá até um mês para avaliar e definir sobre a aprovação. A perspectiva, no entanto, é que o período seja mais curto. E o produtor cultural alega que estão sendo obedecidos todos os critérios e documentação, o que poderá agilizar a aprovação. Assim, acredita, em vinte dias poderá estar definido. Aprovado, possivelmente ainda na primeira quinzena de julho, estarão iniciando as apresentações das criações artísticas selecionadas.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções