Diário da Manhã

domingo, 20 de setembro de 2020

Notícias

Lobão atropela Xavante e ganha primeiro turno

27 setembro
13:21 2013

Fim do tabu e título do turno

Brapel - Alisson 0006O Pelotas esperou quase 10 anos para vencer o Bra-Pel. Mas quando venceu foi para não deixar dúvida de sua superioridade na partida. Na noite desta quinta-feira, os áureo-cerúleos fizeram festa no Bento Freitas, com a vitória de 3 a 0. E mais: liberaram o grito de “É campeão!” por conta do título do primeiro turno da Copa Sul/Fronteira. Viram ainda o constrangimento do adversário pelo “fiasco” de o jogo ter sido encerrado mais cedo: aos 35 minutos da etapa final por falta de segurança.

O Bra-Pel 354 foi disputado em alta intensidade. Aos oito minutos, o Pelotas criava a primeira chance de gol, com Jeferson. A bola saiu desviada para fora. O Brasil respondeu, aos 22, numa cabeçada de Éder Machado. Paulo Sérgio praticou uma defesa espetacular, tirando a bola do ângulo. Dois minutos depois, Edson Borges chutou de dentro da área e a bola bateu no travessão.

Melhor organizado em campo, o Pelotas marcou o primeiro gol, aos 28. Felipe Garcia escapou pela esquerda e cruzou.

Brapel - Alisson 0012Gilmar dominou e tocou para o lado. Bruno Coutinho chutou de pé direito, com extrema categoria, para fazer 1 a 0. O Brasil chegou a ter duas chances de gol na primeira etapa. Paulo Sérgio defendeu uma cobrança de falta de Rafael Forster e William Kozlowski mandou a bola por cima do travessão.

O segundo tempo começou com o Brasil insistindo no ataque. Aos sete minutos, Éder Machado fez uma conclusão e a bola passou junto ao poste. Mas o Pelotas foi preciso. Aos 19, Gilmar se aproveitou de erro da defesa do Brasil e fez 2 a 0. Aos 30, Felipe Garcia ganhou a bola de Forster e deu assistência para Bruno Coutinho: 3 a 0. Cinco minutos, o jogo foi encerrado, após agressão de um torcedor do Brasil ao auxiliar Jorge Eduardo Bernardi.

Ficha Técnica

BRASIL (0)

            Luiz Müller; Wender, Cirilo, Fernando Cardozo e Rafael Forster; Leandro Leite e Washington; Cleiton, William Kozlowski (Joelson) e Gustavinho (Gustavo Papa); Éder Machado. Técnico: Rogério Zimmermann.

PELOTAS (3)

            Paulo Sérgio; Tiago Gaúcho, Pedrão, Edson Borges e Digão; Jovany e Paraná; Jeferson, Bruno Coutinho e Felipe Garcia; Gilmar (Bruno Salvador). Técnico: Paulo Porto.

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas. Árbitro: Márcio Chagas da Silva; assistentes: Alexandre Kleiniche Jorge Eduardo Bernardi. Cartões amarelos: Leandro Leite (B); Digão, Felipe Garcia, Jovany e Bruno Coutinho (P). Gols: Bruno Coutinho (28min do primeiro tempo e 30min do segundo) e Gilmar (19min do segundo tempo).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções