Diário da Manhã

segunda, 21 de outubro de 2019

Notícias

LUTA ANTIMANICOMIAL : 3ª edição do Lagarteando com Pelotas tem defesa da causa

LUTA ANTIMANICOMIAL : 3ª edição do Lagarteando com Pelotas tem defesa da causa
23 maio
09:16 2019

Nessa terça-feira (21), a Prefeitura, através da Coordenação de Saúde Mental da Secretaria de Saúde (SMS) e do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Porto, realizou a 3ª edição do projeto Lagarteando com Pelotas, uma ação que reuniu usuários e equipes dos Caps da cidade na Praça Coronel Pedro Osório. Durante o movimento, agentes da saúde esclareceram dúvidas de quem circulava pelo local sobre o atendimento público disponível para pessoas com problemas relacionados à saúde mental.  O encontro contou com apresentação dos músicos oriundos de oficinais terapêuticas dos Centros, que garantiram a trilha sonora.

Segundo o coordenador do Caps Porto, Izamir Duarte de Farias, a edição desse ano demonstra o apoio das equipes dos Caps da cidade à luta antimanicomial. Para ele, o projeto é um espaço importante de aproximação da comunidade com os usuários e profissionais dos Caps, facilitando o entendimento do trabalho realizado.

Encontro reuniu usuários e equipes em defesa da saúde mental

Encontro reuniu usuários e equipes em defesa da saúde mental

“O que é feito dentro dos Caps não pode ficar entre as paredes de suas sedes. Tem que haver diálogo e aproximação com a comunidade, afinal é isso que a atenção psicossocial defende, a reinserção do usuário na comunidade, que deverá estar preparada para receber esse usuário”, defende Izamir.

Pesquisa

Durante a tarde, a equipe do Caps Porto realizou pesquisa para entender como a população em geral vê o trabalho dos Centros de Atenção Psicossocial. A ideia é identificar se a comunidade sabe o que é um Caps e como o trabalho funciona. Outras pesquisas do tipo devem ser realizadas para facilitar a divulgação das ações e a comunicação com a sociedade.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções