Diário da Manhã

quinta, 13 de dezembro de 2018

Notícias

Médicos alertam para graves riscos do bronzeamento artificial

Médicos alertam para graves riscos do bronzeamento artificial
17 julho
15:31 2018

Dermatologistas lembram que o uso das câmaras de bronzeamento é proibido em diversos países, incluindo no Brasil

Proibido desde 2009 no Brasil, o bronzeamento artificial volta a causar preocupação, sempre que o inverno chega. A técnica é prejudicial para a saúde, mas ainda ilude pacientes que buscam o bronzeado principalmente nos meses de frio.

A presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS (SBD-RS), Clarissa Prati, destaca que a prática é proibida no Brasil por ser perigosa para a saúde.

- Entre os problemas causados pelo procedimento, o principal é o câncer de pele. Além disto, são riscos decorrentes das camas de bronzeamento as queimaduras, o envelhecimento precoce e os problemas na visão. Este método de bronzeamento artificial foi proibido em muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil, e deve ser evitado – alerta.

O bronzeamento artificial é feito em uma câmara que emite luzes, ficando a pele mais escura. No entanto, esta prática traz riscos para saúde tendo os mesmos efeitos nocivos da exposição solar em horários inapropriados porque também contém raios UVA e UVB.

A médica ressalta que existem métodos saudáveis para deixar a pele mais dourada. Para entender quais são as formas corretas e saudáveis, é essencial consultar um dermatologista. O profissional avaliará a história e a sensibilidade da pele do paciente e, dependendo disso, poderá indicar auto bronzeadores que estimulam a produção de melanina sem prejudicar a saúde.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções