Diário da Manhã

sexta, 19 de julho de 2019

Notícias

MERENDA ESCOLAR : Paula assina decreto para incluir farinha de arroz

16 maio
08:38 2019

A partir deste mês, a farinha de arroz será item garantido no cardápio da merenda escolar da rede municipal. A prefeita Paula Mascarenhas assinou o decreto 6.183, que dispõe sobre a inclusão do cereal nas receitas dos educandários, durante a abertura da Expoarroz Tech 2019, na noite de terça-feira.

Pelotas é o terceiro município gaúcho a aderir ao Programa de Valorização do Arroz (Provarroz) – iniciativa que valoriza o setor orizícola, conscientizando sobre o benefício do arroz para a saúde da população.

Paula, que foi apresentada ao projeto em abril, quando o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Guinter Frantz, propôs a inclusão, disse estar honrada por Pelotas servir de modelo e inspirar outras cidades a valorizar um produto tão importante para o desenvolvimento local.

“Nossas crianças já comem arroz de qualidade, produzido na região [cerca de 60% dos alimentos utilizados na merenda são adquiridos da agricultura familiar], mas percebemos que podíamos diversificar o consumo através da farinha e aproveitar a capacitação que nossas merendeiras já receberam para utilizá-la nas receitas”, assinalou a prefeita.

PELOTAS é o terceiro município do Rio Grande do Sul a aderir ao Provarroz, programa que fortalece o setor orizícola

PELOTAS é o terceiro município do Rio Grande do Sul a aderir ao Provarroz, programa que fortalece o setor orizícola

A farinha será, inicialmente, introduzida no cardápio dos 29 educandários de educação infantil e das 20 escolas de ensino fundamental da zona rural, explicou o secretário de Educação e Desporto, Artur Corrêa. A inclusão beneficiará principalmente os alunos que cumprem dietas celíacas, por serem intolerantes ao glúten; o item será utilizado em receitas como bolos, pizzas e pães.

EXEMPLO PARA O RIO GRANDE DO SUL

Representando o governador Eduardo Leite no evento, o secretário Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, parabenizou o Município por ser exemplo na região. “É preciso louvar o que a administração de Pelotas está fazendo. Esse pontapé inicial vai repercutir em todo nosso estado”, argumentou o secretário.

O Provarroz, que tem o apoio de instituições como o Irga, Federarroz, Farsul, Senar e Sebrar, foi idealizado visando reverter a queda do consumo do cereal no Brasil – pesquisa da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura detectou que a ingestão do insumo teve queda de 17% nos últimos 20 anos – passando de 60 quilos, por habitante ao ano, para 49,8 quilos.

“O intuito é que a comunidade tenha mais entendimento sobre a importância do arroz; não apenas na sua forma tradicional, mas, também, dos seus coprodutos. Isso beneficia o consumidor e toda a cadeira produtiva e industrial”, reforçou o presidente do Irga.

A farinha será, inicialmente, introduzida no cardápio dos 29 educandários de educação infantil e das 20 escolas de ensino fundamental da zona rural

A farinha será, inicialmente, introduzida no cardápio dos 29 educandários de educação infantil e das 20 escolas de ensino fundamental da zona rural

DO CAMPO À MESA

A sexta edição da Expoarroz Tech ‘Do Campo à Mesa’ segue até a quinta-feira (16), no Centro de Eventos Fenadoce, das 14h às 21h, com entrada gratuita. O evento é uma oportunidade para a geração de negócios, apresentação de novas tecnologias e, ainda, uma ferramenta de valorizar uma das cadeias produtivas mais importantes para o estado – o Rio Grande do Sul é responsável por mais de 70% da produção nacional de arroz.

Com a participação de representantes de 15 países e mais de 100 expositores, uma programação intensa promove palestras, oficinas e painéis que discutem aspectos diversificados do setor, com os objetivos de fomentar e fortalecer o setor em todo o território nacional.

“A Expoarroz representa o encontro de toda a cadeia produtiva do arroz, valoriza a nossa terra e traz os olhares do País inteiro para a nossa região. Desejo que esse setor se fortaleça e continue gerando empregos, riqueza e desenvolvimento para todo o Rio Grande do Sul e para o Brasil”, apontou a prefeita Paula.

O idealizador da feira e superintendente do Porto do Rio Grande, Fernando Estima, reforçou a relevância do setor orizícola no estado. “Que daqui a dois anos, possamos nos reunir novamente para gerar novos negócios e trazer novas tecnologias à região”, sustentou Estima.

A expectativa da organização é que mais de 3 mil pessoas passem diariamente pelo evento. Na quinta edição, em 2017, a feira recebeu cerca de 14 mil pessoas e gerou mais de R$ 80 milhões em negócios. O vice-prefeito Idemar Barz, secretários municipais, o presidente da Câmara Municipal, Fabrício Tavares (PSD), o vereador José Paulo Benemann (PSDB) e a coordenadora do Provarroz, Camila Couto, também acompanharam a abertura da Expoarroz Tech 2019.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções