Diário da Manhã

sexta, 18 de outubro de 2019

Notícias

Mostra virtual com a arte de Manoel Magalhães

Mostra virtual com a arte de Manoel Magalhães
19 setembro
08:17 2017

Por Carlos Cogoy

Nesta terça às 18h acontecerá abertura da exposição “O universo naïf de Manoel Soares Magalhães”. Trata-se da primeira mostra no “Museu de Arte do Campus Virtual 3D da UFPel no VGRID”. Na iniciativa que integra projeto de extensão da UFPel, sob a coordenação dos professores Juliana Angeli e Carlos Campani, o jornalista, escritor, roteirista e artista visual pelotense, estará apresentando doze telas. As criações de diferentes fases, estarão acessíveis até 19 de novembro.

Universo de Salvador Dalí na série “Visitando os clássicos”

Universo de Salvador Dalí na série “Visitando os clássicos”

DIGITAL – Há mais de dez anos, dedicando-se à pintura, Manoel Magalhães tem divulgado suas pinturas nas redes sociais. Conforme explica, telas já foram comercializadas para diferentes Estados brasileiros, França e Itália. Em Pelotas, no entanto, observa que apenas um quadro foi adquirido. Na trajetória, mostra “Nos tempos das Charqueadas” esteve no Corredor Arte do Hospital-Escola em 2010 e, dois anos depois, na Sociedade Científica Sigmund Freud. Sobre a exposição virtual que abre hoje, ele explica: “Foi um convite do professor Carlos Campani, do Instituto de Física e Matemática, coordenado pela professora Juliana Angeli do Centro de Artes, que propõe a realização de exposições virtuais ao longo de 2017 e 2018. Estão previstas mostras de artistas da cidade, de alunos do Centro de Artes e do acervo do Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo, bem como do CEARTES,  vinculado ao projeto de pesquisa V-Grad do professor Campani. A exposição apresenta doze obras, de várias fases, com texto de apresentação de Arnoldo Walter Doberstein, doutor em História pela PUC/RS, e pesquisador do Instituto Cultural Emílio Sessa (ICES) de Porto Alegre”. Manoel orienta sobre os passos para o acesso digital: “Abertura na terça às 19h. E será a primeira mostra nesse padrão. Para participar da inauguração as pessoas terão de instalar o programa cliente ‘Firestorm’, que exige computador com aceleração gráfica, logar-se na conta do OSGRID e teleportar-se para o ambiente do VGRID”. Dúvidas podem ser equacionadas através do tutorial: https://www.slideshare.net/campani/manual-de-uso-para-o-osgrid

INTERATIVIDADE – Manoel menciona sobre a proposta inovadora: “Estarão à mostra conjunto de telas, apresentando as várias fases que desenvolvo. Como numa exposição tradicional, o visitante poderá circular no ambiente, visualizar as obras e interagir com outros visitantes. Além disso, é possível, clicando sobre os quadros, ou no painel de entrada do Museu, obter informações sobre o artista e as obras.  Todas as telas da mostra já foram comercializadas. Como as pessoas estão cada vez mais mergulhadas no mundo digital, acredito que no futuro as mostras virtuais serão amplamente desenvolvidas”.

Manoel Magalhães

Manoel Magalhães

ESTÉTICA – Utilizando a técnica naïf de pintura, Manoel tem se dedicado a diferentes séries. “Desenvolvo várias fases ao mesmo tempo. Quanto à série sobre Simões, pintei várias telas, inspiradas no trabalho literário do escritor pelotense, tanto nas Lendas quanto nos Contos. Além da série sobre Simões Lopes, desenvolvo, concomitantemente, as fases Recantos de Pelotas, Leitoras, Aparições, Campesinas e Visitando os Clássicos. Esta última é releitura de clássicos da pintura, tais como Modigliani, Van Gogh, Gauguin e outros. Gosto demais desta fase, pois me permite criar outros signos, os símbolos, sobre os já criados”, diz o artista.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções