Diário da Manhã

sábado, 19 de agosto de 2017

Notícias

 Mais recentes

NA HISTÓRIA XAVANTE : Cinco anos de comando absoluto

NA HISTÓRIA XAVANTE : Cinco anos de comando absoluto
19 maio
08:15 2017

Zimmermann completa neste domingo cinco anos no comando do Brasil e se aproxima dos 400 jogos

O técnico Rogério Zimmermann completa neste domingo (21 de maio) cinco anos de trabalho contínuo no Brasil. Mais cinco partidas ele chega à marca de 400 jogos no comando da equipe rubro-negra, considerando as duas passagens pelo clube. Ficará a 69 jogos de se tornar o treinador com mais número de partidas no Xavante, superando Paulo de Souza Lobo (Galego). São números que vão enriquecendo a história do Zimmermann no Bento Freitas.

Zimmermann chegou ao Brasil pela primeira vez no final de 2003, mas para treinar na equipe na temporada seguinte. O clube estava na segunda divisão desde 1999. Recolocou o Xavante no Gauchão da Série A. Ficou no Bento Freitas até janeiro de 2006. Saiu depois de um mau começo no Campeonato Gaúcho.

SEGUNDA VEZ - O Brasil estava novamente na segunda divisão. Depois de duas tentativas frustradas de acesso, o presidente Ricardo Fonseca concluiu que Zimmermann seria o treinador ideal para encerrar esse martírio na Segundona. O treinador foi contratado em maio de 2012 e, no ano seguinte, recolocou pela segunda vez o clube na primeira divisão estadual. Era a primeira de uma série de conquistas expressivas: dois títulos do Interior, vaga na Copa do Brasil (pela primeira vez em 2013, o Xavante disputou a competição) e acessos da Série D a C; e da Série C a B do Brasileiro.

Zimmermann impôs seu estilo de trabalho e está há cinco anos no Brasil: nunca ninguém ficou tanto tempo Foto: Jonathan Silva/Assessoria GEB

Zimmermann impôs seu estilo de trabalho e está há cinco anos no Brasil: nunca ninguém ficou tanto tempo
Foto: Jonathan Silva/Assessoria GEB

Nesses cinco anos, Zimmermann passou pelo momento de maior contestação nesta temporada, em marco, quando o Brasil brigou para não cair no Campeonato Gaúcho. A avaliação da diretoria considerou o trabalho de todo esse período – de 2012 para cá. Obviamente que o saldo é positivo. E assim, a permanência do treinador foi assegurada.

400 JOGOS – Na partida diante do Luverdense, dia 13 de junho, em Lucas do Rio Verde, pela sétima rodada do Brasileiro, Zimmermann irá completar 400 jogos no comando do Brasil. Ficará a 68 partidas de alcançar Galego. Marca que deverá ser atingida se o treinador ficar no clube até o final da gestão de Ricardo Fonseca, que se estende até dezembro de 2018.

Os números de Zimmermann são relativos há sete anos, somando as duas passagens pelo clube. Já Galego alcançou seus 468 jogos no Brasil ao longo de 30 anos – nas várias vezes em que foi contratado pelo Xavante (entre 1953, quando iniciou a carreira, e 1992 – sua última passagem pelo Bento Freitas).

Números gerais

De 2004 a 2006; 2012 a 2017

  • Jogos: 395
  • Vitórias: 183
  • Empates: 127
  • Derrotas: 85
  • Gols pró: 560
  • Gols contra: 324

Primeiro período

De 2004 a 2006

  • Jogos: 128
  • Vitórias: 74
  • Empates: 33
  • Derrotas: 25
  • Gols pró: 235
  • Gols contra: 108

Segundo período

De 2012 a 2017

  • Jogos; 267
  • Vitórias: 113
  • Empates: 94
  • Derrotas: 60
  • Gols: 325
  • Gols contra: 216

Títulos

  • Campeão Citadino (campeão): 2004
  • Campeão do Interior (campeão); 2014 e 2015
  • Campeão da Segunda Divisão (campeão): 2004 e 2013
  • Campeonato Brasileiro da Série D (vice-campeão e acesso): 2014
  • Campeonato Brasileiro da Série C (acesso): 2015
  • Copa Emídio Perondi (vice-campeão): 2005
  • Copa Hélio Dourado (vice-campeão): 2012
  • Copa Fronteira/Sul (campeão): 2012
  • Taça 4º aniversário da Cidade Sapiranga (campeão): 2004
  • Taça 268º Aniversário da Cidade de Rio Grande (vice-campeão): 2005
  • Torneio da Longevidade (vice-campeão): 2016
  • Troféu 38º Aniversário da Rádio Universidade Católica de Pelotas (campeão): 2005

(Colaboração do estatístico Izan Müller)

Notícias Relacionadas

Comentários ()