Diário da Manhã

domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias

NÃO FOI UM VENTINHO

NÃO FOI UM VENTINHO
01 julho
09:59 2020

A previsão da passagem de um ciclone-bomba na madrugada desta terça-feira para quarta-feira se confirmou

vendaval tapumeJá nas primeiras horas desta quarta-feira (01) a população da Zona Sul sentiu a força dos ventos, que ultrapassaram os 90km/h. Os estragos ainda estão sendo contabilizados. Algumas árvores tombaram e estruturas como tapumes de obras não resistiram a força dos ventos. Houve destalhamento de residências.

A área de abrangência de concessão da CEEE-D foi quase toda ela atingida. No Rio Grande do Sul cerca de 895 mil unidades estão sem energia.

Aqui na região, durante a madrugada, 77 mil pontos ficaram sem energia elétrica. Já pela manhã o número baixou para 70 mil consumidores afetados. A CEEE está em regime de contingência, com todas as equipes trabalhando nas ruas.

Arroio do Padre, Capão do Leão, Cerrito, Pelotas, Morro Redondo e Pedro Osório, pela ordem, são as cidades mais atingidas.

Defesa Civil trocou o alerta de perigo moderado para alto

Defesa Civil trocou o alerta de perigo moderado para alto

O primeiro passo agora é retirar os riscos, como fios e postes caídos. O restabelecimento de energia para hospitais e serviços públicos é prioridade. “Após esse trabalho, passamos para os realimentadores de grandes áreas”, diz Alexandre Ávila, gerente regional da CEEE. Com a reenergização dos grandes distribuidores, é possível baixar bastante o número de atingidos. O último passo será o atendimento aos casos individuais.

O telefone 0800 721 2333 da CEEE já voltou a operar. Um novo balanço deve ser divulgado no fim da manhã desta quarta-feira.

Sobre o autor

Hélio Freitag Júnior

Hélio Freitag Júnior

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções