Diário da Manhã

terça, 22 de outubro de 2019

Notícias

Novo medicamento para tratar esquizofrenia e transtorno bipolar

Novo medicamento para tratar esquizofrenia e transtorno bipolar
12 julho
14:57 2019

O genérico quetiapina chega ao mercado com três apresentações

Com a proposta de aumentar o acesso ao tratamento da doença, a Medley, unidade de genéricos da Sanofi, lança um novo medicamento: o hemifumarato de quetiapina. A terapia oral atípica é indicada para o tratamento de esquizofrenia em adultos e adolescentes, além de tratar o transtorno afetivo bipolar em crianças, adolescentes e adultos.

Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria, a esquizofrenia atinge 1% da população mundial na proporção de 1,4 homens para cada mulher, reduzindo também em dez anos a expectativa de vida dos pacientes. O distúrbio psiquiátrico causa alterações cerebrais, dificultando o correto julgamento sobre realidade, produção de pensamentos simbólicos e desenvolvimento de respostas emocionais complexas. Já o transtorno bipolar causa mudanças incomuns de humor, energia, de níveis de atividade e impacta a habilidade de realizar as tarefas do dia-a-dia. De acordo com a ABTB (Associação Brasileira de Transtorno Bipolar), a doença atinge cerca de 4% da população brasileira e, assim como a esquizofrenia, aparece, principalmente, entre o final da adolescência e o início da vida adulta. Ambas as doenças impactam tanto a vida do paciente como a de familiares e amigos e, por isso, exigem tratamento e acompanhamento médico para o resto da vida.

A quetiapina possui a função de inibir os receptores ligados à dopamina e à serotonina, substâncias que, se alteradas, podem provocar transtornos emocionais. O medicamento controla as atividades cerebrais e também pode reduzir a suscetibilidade aos efeitos colaterais extrapiramidais (EPS) em comparação a outros antipsicóticos típicos.

O medicamento é vendido apenas sob prescrição médica e com retenção de receita, em comprimidos revestidos de 25, 100 ou 200 miligramas; embalagens com 30 comprimidos.

Comentários ()

Seções