Diário da Manhã

quinta, 27 de abril de 2017

Notícias

 Mais recentes

Obras da UPA da Av. Bento em fase de acabamentos

Obras da UPA da Av. Bento em fase de acabamentos
16 março
15:41 2017

Vice-Prefeito Idemar Barz acompanha andamento das obras

O prefeito em exercício Idemar Barz acompanhou a secretária de Saúde, Ana Costa, durante visita às obras da nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) localizada no prolongamento da avenida Bento Gonçalves. Com 1.840 m² de área total, a obra está em fase de acabamentos, com previsão de término e entrega do prédio ainda no primeiro semestre.

Idemar e Ana circularam pelos setores do prédio, que está com a parte da fiação concluída e que começará a receber, nos próximos dias, a instalação das aberturas e a colocação das louças. Profissionais da Marques Imóveis Construtora e Imobiliária, empresa que executa o projeto, e servidores da Saúde participaram da visita.

A Unidade terá seis consultórios, um odontológico, salas de observação adultas e infantis, classificação de risco, exames (eletrocardiograma), inalação, coleta de sangue, raio-x, hidratação e medicação, postos de enfermagem, emergência, dois isolamentos, duas salas de espera, necrotério e outras. A parte administrativa terá vestiários, copa, refeitório, dormitórios, sala de reuniões e escritórios.

O funcionamento da UPA será de 24 horas por dia nos sete dias da semana. A capacidade de atendimento da Unidade de porte 3 é de 350 pessoas diariamente. O objetivo é desafogar ainda mais a procura pelo Pronto Socorro de Pelotas (PSP), reservando-o apenas para os casos específicos de urgência e emergência.

UNIDADE PODERÁ PERMANECER FECHADA

A conclusão das obras, porém, não garante o início das operações na Unidade de Saúde. As contrapartidas do Governo Federal e Estadual não estão garantidas e a Prefeitura não terá recursos para arcar sozinha com o custo mensal da nova UPA.

No bairro Areal, a UPA Nível I, já está em funcionamento. Para esta Unidade são necessários cerca de R$ 675 mil de custeio mensal.

A UPA da Av. Bento é de nível III. Com quase o triplo da capacidade, serão necessários aproximadamente R$ 1,8 milhão por mês para mantê-la.

Fotos: Gustavo Mansur/Ascom

Notícias Relacionadas

Comentários ()