Diário da Manhã

segunda, 24 de fevereiro de 2020

Notícias

 Mais recentes

Oito dicas para ajudar os pais na compra do material escolar

Oito dicas para ajudar os pais na compra do material escolar
29 janeiro
08:27 2020

A compra de material escolar é uma alegria para os estudantes e uma preocupação para os pais, que a cada ano são surpreendidos com a alta de preços que nem sempre cabe no bolso. A tarefa exige jogo de cintura para satisfazer o desejo dos pequenos e respeitar o orçamento. O papel da família é mostrar às crianças a necessidade de economizar, especialmente em tempos de crise. “É preciso ensinar que nem sempre o material mais brilhoso ou chamativo é o melhor, fazer com que as crianças comparem os produtos e escolham de forma mais consciente. A educação financeira começa em casa”, afirma a assessora pedagógica do Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (SINEPE/RS), Naime Pigatto.

Em situação de crise, a razão é ainda maior para não ceder às chantagens dos filhos e comprar fora da sua condição financeira. “Os pais devem explicar que nem sempre é possível ter o que se deseja naquele momento, que a família está passando por dificuldades e que é importante economizar”, reforça Naime.

O SINEPE/RS preparou oito dicas para ajudar os pais nessa tarefa, confira:

  1. Organizar a lista de materiais com antecedência, antes de ir às compras, definindo limite de valores para cada item.
  2. Conversar com o filho previamente sobre as condições financeiras da família e a necessidade de economizar.
  3. Conversar com pais de colegas que passaram para o próximo ano para ceder seus materiais.
  4. Buscar nas redes sociais grupos de brechós de uniformes escolares.
  5. Encapar cadernos e livros para garantir boa conservação ao longo do ano, para que possam ser reutilizados no ano seguinte.
  6. Avaliar estojos, réguas, canetas, lápis de cor e borrachas que podem ser reutilizados no ano seguinte.
  7. Convidar a família para que um dia das férias seja reservado à produção de capas e enfeites para a conservação dos materiais escolares.
  8. Deixar para comprar a mochila, um dos itens mais caros da lista, após o início das aulas, quando as lojas começam a fazer promoções.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções