Diário da Manhã

quinta, 17 de outubro de 2019

Notícias

Orquestra Estudantil Areal completou cinco anos

10 outubro
08:27 2019

Na Escola Estadual de Ensino Médio Areal, alunos do quarto e quinto ano, participam de musicalização, canto e flauta doce. A partir do sexto ano, podem permanecer na flauta doce, ou escolher instrumento. A informação é da professora Lys Ferreira que, há cinco anos, está à frente da Orquestra Estudantil Areal. No repertório, conforme acrescenta, desde Beethoven até Milton Nascimento. O grupo tem realizado apresentações na região, e conta com apoio da equipe diretiva, funcionários e familiares. Além disso, destaca Lys, a iniciativa conta com a Sociedade Amigos da Orquestra Areal (SAMODAR), e parcerias com Afina Sul do Conservatório, Corda Sul e Ensino Coletivo de Cordas, e a percussão do PEPEU da UFPel. No Festival SESC de Música, os jovens participaram de aulas da programação. E Lys ressalta o projeto de extensão Acessibilidade e Inclusão da UFPel, sob coordenação do prof. Dr. Julio Costa, que conta com as estudantes Bruna Monteiro (piano), e Fernanda Neves (clarinete).

Estudantes tocam Beethoven, Vivaldi, Mozart e Villa Lobos

Estudantes tocam Beethoven, Vivaldi, Mozart e Villa Lobos

MÚSICOS: violonistas Kethelen Bilhalva, Leticia Gomes, Ítalo Guerreiro,  Marina Gomes, Rafael  Macedo, Filipe Vieira, Nicole Madruga; Andrew Borges na viola; violoncelo com Ketlin Borba e Luiza Soares; Diogo Pickersgill no contrabaixo; sopro com Fernanda Neves (clarinete), e Henry Figueiredo (flauta transversal); percussionistas Ryan Souza e Maria Eduarda Machado

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções