Diário da Manhã

terça, 21 de agosto de 2018

Notícias

Pelotas Parque Tecnológico recebe fórum da Agência Brasileira de Inteligência dia 23

Pelotas Parque Tecnológico recebe fórum da Agência Brasileira de Inteligência dia 23
16 maio
09:08 2018

Para debater a inovação tecnológica e o conhecimento, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) juntamente com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI)  promovem o Fórum de Proteção do Conhecimento Sensível, no próximo dia 23 de maio, no Pelotas Parque Tecnológico (Av. Domingo de Almeida, 1785). O tema abordado será “Proteção do conhecimento sensível e propriedade industrial: aliados para a inovação tecnológica”. O evento é gratuito e será realizado em conjunto com o Pelotas Parque Tecnológico, Prefeitura Municipal de Pelotas e Universidade Federal de Pelotas.

A abertura será realizada pelo Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFPel, professor Flávio Fernando Demarco; o Coordenador de Inovação Tecnológica da UFPel, professor Vinicius Farias Campos; o Coordenador de Pesquisa da UFPel, professor Marcos Brito Corrêa; o Superintendente Estadual da ABIN no Rio Grande do Sul, Valdir Miguel Langbeck Soares; o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pelotas, Fernando Estima, e o Coordenador da Incubadora Conectar UFPel, professor Felipe Marques.

Em seguida, ao longo do evento, haverá uma palestra da ABIN com Sérgio Malta, abordando “Medidas Básicas de Proteção e Conhecimento Sensível”. Logo após, Roberto Marques Strohaecker, do INPI, apresentará “Proteção do Conhecimento: Aspectos relativos à Propriedade Industrial”. A partir das 16h haverá um debate entre as instituições presentes: UFPel, IFSul, FURG, UCPel, Embrapa e Pelotas Parque Tecnológico.

O Fórum vem sendo realizado em diversos municípios do Brasil e faz parte da disseminação do Programa Nacional de Proteção do Conhecimento Sensível (PNPC). O conceito de Conhecimento Sensível compreende todo o conhecimento sigiloso ou estratégico, cujo o acesso não autorizado pode comprometer a consecução dos objetivos nacionais e resultar prejuízo ao País, necessitando de medidas especiais de proteção . O PNPC destina-se à proteção de instituições nacionais, públicas ou privadas, que produzem ou custodiam conhecimentos considerados sensíveis para o país relativos às seguintes áreas de atuação: Defesa Nacional; Pesquisa, desenvolvimento e inovação científica e tecnológica; Energia, incluídas as fontes alternativas; Minerais e materiais estratégicos;
Conhecimentos dos povos indígenas e das comunidades tradicionais; Agropecuária; Desenvolvimento socioeconômico; Educação e promoção de cultura de proteção do conhecimento sensível.

As inscrições podem ser realizadas através do formulário: http://bit.ly/2wJD69S
A organização é do IFSul, UCpel e FURG. O apoio é da Associação Comercial de Pelotas, Centro das Industrias de Pelotas, SEPRORGS, Senac e do APL Complexo Industrial da Saúde.

SERVIÇO
O quê: Fórum de Proteção do Conhecimento Sensível
Quando: 23 de maio, das 14h às 17h
Local: Pelotas Parque Tecnológico (Av. Domingo de Almeida, 1785)

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções