Diário da Manhã

segunda, 20 de maio de 2019

Notícias

Plantão de Polícia : Nesta semana, trânsito já contabiliza 2 mortes

Plantão de Polícia : Nesta semana, trânsito já contabiliza 2 mortes
04 fevereiro
08:51 2014

JOVEM MORRE EM ACIDENTE DE MOTO

Por volta das 22:30 de ontem o jovem Cristian Damasceno Moscarelli, que completava 17 anos, morreu após colidir a moto que pilotava contra um automóvel Gol estacionado na rua São Paulo – bairro Sta. Terezinha.

As causa ainda estão sendo apuradas pela Delegacia de Trânsito.

MENINA

Maria Eduarda Soares Barros, de nove anos, morreu na noite de domingo, no hospital onde estava internada desde a noite de sábado, quando foi atropelada por um automóvel Gol. O acidente ocorreu por volta das 21h30min, em frente ao condomínio onde morava, na Rua Marcílio Dias. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia dos delitos de Trânsito a fim de que seja apurada a responsabilidade.

A criança estava na companhia de sua mãe, que também foi atropelada. A mulher de 39 anos sofreu ferimentos graves. Chovia na hora do acidente, e segundo versão dada em depoimento prestado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, o condutor teve a visão ofuscada por outro veículo. Ele tentou frear, mas não conseguiu evitar o atropelamento de mãe e filha. O carro ficou sem condições de trafegabilidade. O condutor do veículo prestou socorro às vítimas, acionando o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ele vai responder em liberdade, por homicídio culposo, pois não teve a intenção de matar.

PROTESTO A morte de uma menina de nove anos, atropelada na noite da sábado, revoltou os moradores do PAR Marcílio Dias. Eles alegam que a tragédia estava “anunciada” havia bastante tempo, haja vista a falta de segurança para pedestres naquela área.

Segundo Luiz Guilherme Beletti, desde 2004 os moradores pedem providências ao poder público no sentido de melhorar a sinalização e evitar acidentes como o que causou a morte da pequena Maria Eduarda Barros, a “Duda”.

A revolta dos moradores vai se transformar em protesto pacífico hoje às 11h30min, quando a rua será fechada numa tentativa de chamar a atenção das autoridades para que sejam tomadas providências que possam evitar outras tragédias. “Não é de hoje que a gente pede segurança naquela área para que não acontecesse o que infelizmente aconteceu”, lamenta Beletti.

MOTOCICLISTA

O motociclista Cairo Grecco de Souza, de 52 anos, morreu Na tarde de domingo, em consequência dos ferimentos sofridos no acidente que foi vítima no dia 22 de janeiro. Desde aquela data ele estava internado na UTI do hospital.O óbito foi registrado às 14h45min.

EMBRIAGUEZ

No domingo, às 22h50min, na Rua Comendador Professor Rafael Dias Mazza, no Bairro Areal, policiais militares do 4º BPM (Batalhão de Policia Militar), atenderam a uma ocorrência de atropelamento. Segundo informações de populares a vítima, caminhava pela via quando foi atropelada. Ela foi socorrida por uma ambulância do Samu e conduzida ao Pronto-Socorro.  O condutor do veículo, de 28 anos, estava com visíveis sintomas de embriaguez e recusou-se a fazer o teste do etilômetro, sendo feito exame clinico, onde o perito constatou a embriaguez. Ele foi encaminhado à DPPA (Delegacia de Policia de Pronto Atendimento) onde foi autuado em flagrante.

IDENTIFICADO

José Everton Wickboldt Correa, de 52 anos, foi identificado por familiares que compareceram no Instituto Médico Legal para fazerem o reconhecimento. O corpo. Ele foi encontrado na manhã de sábado, no Canal São Gonçalo, boiando na zona da Balsa, nas proximidades da gruta. A morte se deu por afogamento.

TAXISTA

Um taxista de 52 anos foi assaltado durante uma corrida que realizava para o Bairro Areal. Na Rua Fagundes Varela, o homem mandou que a vítima parasse e anunciou o roubo. Nesse momento surgiu outro homem armado, que junto com o comparsa roubou da vítima R$ 120,00. Antes de fugir a dupla efetuou disparos na direção do motorista. A ocorrência está aos cuidados da Delegacia Especializada de Roubos.

BALEADO

Na noite do domingo, por volta das 20h, o jovem de iniciais M.V.L., de 21 anos, foi baleado no Bairro Navegantes. Segundo consta na ocorrência, ele foi atingido por três tiros ao sair de casa. O autor dos disparos não foi identificado. De acordo com a polícia, o rapaz foi socorrido e encaminhado ao Pronto-Socorro de Pelotas. Agentes da Delegacia de homicídio vão apurar o caso. A vítima foi alvejada nos braços, costas e abdômen.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções