Diário da Manhã

quinta, 06 de agosto de 2020

Notícias

 Mais recentes

“PLÁSTICO ZERO” : Campanha de conscientização é lançada

01 junho
09:12 2020

Para quem costuma frequentar feiras livres e orgânicas em Pelotas, a partir desde sábado uma mudança de hábito fará parte da rotina na hora de comprar frutas, legumes e hortaliças.

No sábado, foi realizado o lançamento da campanha “Plástico Zero”, uma parceria entre o Sanep e a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural (SDR). O objetivo é reduzir o uso de sacolas plásticas e conscientizar a população quanto aos impactos ambientais e no funcionamento da cidade.

AÇÃO tem o objetivo de reduzir o uso de sacolas plásticas e conscientizar a população quanto aos impactos ambientais e no funcionamento da cidade

AÇÃO tem o objetivo de reduzir o uso de sacolas plásticas e conscientizar a população quanto aos impactos ambientais e no funcionamento da cidade

A prefeita Paula Mascarenhas distribuiu, na abertura da campanha, da campanha para quem circulava na feira da Praça Dom Antônio Zattera. Na ocasião, foram distribuídas 1,2 mil sacolas de pano.

“Este é um projeto de preservação do meio ambiente e de cuidado com a cidade, pois sabemos que o plástico é descartado incorretamente e acaba indo para as bocas de lobo, atrapalhando o sistema de drenagem, o que causa alagamentos e transtornos. Então é ruim para o meio ambiente e para o funcionamento da cidade”, afirma Paula.

A partir do dia 18 de junho, as feiras não poderão mais distribuir gratuitamente sacolas plásticas, as quais, nos próximos 45 dias, serão substituídas por ecobags e sacos de papel subsidiados pela parceria.

“O nosso governo tem mostrado uma preocupação bem grande com o meio ambiente e com a educação ambiental da comunidade, o Sanep tem vários projetos neste sentido, como o do Óleo Sustentável, agora em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, está lançando esta campanha que, como todas, precisa da participação da população”, ressalta a prefeita.

Em poucas horas, quem estava na feira durante o lançamento já buscava a troca de sacolas plásticas pelas de pano. A aposentada Lisinka Oliveira acredita que a mudança de hábito do consumidor só trará benefícios à sociedade e ao meio ambiente.

“A ação na feira facilitou muito, pois comprei as frutas e vim na equipe para trocar as sacolas plásticas pela ecobag no mesmo local. Achei um ótimo projeto, temos que nos conscientizar. Às vezes temos a ecobag em casa, mas saímos sem ela, então achei sensacional porque isso reforça a mudança de hábito.”, comenta.

Conforme o diretor-presidente do Sanep, Alexandre Garcia, idealizador do projeto, o descarte indevido de sacos plásticos causa transtornos diários nos sistemas de bombeamento e drenagem do município. Garcia também ressalta que equipes do Sanep já começaram a identificar partículas de plástico na água bruta, o que causa problemas no tratamento da água.

Plástico Zero“Quando vamos limpar bocas de lobo, encontramos sacola, em limpezas de canais, encontramos sacola, em alguns momentos em dias de chuva, quando estamos com o sistema de bombeamento funcionando, precisamos parar o bombeamento para limpar as sacolas, pois elas trancam o processo e causam muitos problemas”, explica.

O diretor acrescenta que as ações em feiras da cidade podem facilitar a sensibilidade da população. “Acredito que teremos uma sensibilização maior por parte da população e invertemos a lógica, ao invés de simplesmente proibirmos o uso de sacolas, estamos dando uma opção para a comunidade, através das ecobags, para diminuir a circulação de plástico na cidade”, garante.

Para o titular da SDR, Jair Seidel, o “Plástico Zero” impacta diretamente no meio ambiente e em Pelotas. “Esta ação é um primeiro passo no sentido que precisamos, a partir das feiras, iniciar um processo de conscientização da população como um todo e ir, aos poucos, substituindo as sacolas plásticas pelas ecobags”, destaca.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções