Diário da Manhã

sábado, 20 de outubro de 2018

Notícias

 Mais recentes

POLÍTICA : Manuela aposta no debate por um projeto sustentável

14 maio
08:46 2018

Construir um novo e sustentável projeto para o Brasil a partir do debate e ouvindo a população.

Está na base da proposta da presidenciável Manuela d’Ávila(PCdoB), pré-candidata à presidência da República na eleição de outubro deste ano. Consta ainda a promoção do debate em todos os níveis, com o objetivo de qualificar as representações políticas.

Em Pelotas, para participar de evento na Semana Acadêmica do Curso de Direito da Universidade Católica de Pelotas(UCPel), a deputada estadual garante sua disposição pela participação no pleito, do inicio ao fim. As conversações com outros pré-candidatos estão iniciadas.

“Conversaremos com todos os candidatos, pois entendemos que este é o momento para um amplo debate para que encontremos saídas para a crise no Brasil”, aponta Manuela, salientando a necessidade urgente da retomada do crescimento econômico do país para que sejam garantidos direitos sociais e individuais à população.

DEPUTADA do PCdoB ”carrega” currículo de expressivas votações  FOTO: HFJ/DM

DEPUTADA do PCdoB ”carrega” currículo de expressivas votações
FOTO: HFJ/DM

Nesse contexto, ela insiste na importância do debate por um projeto de desenvolvimento para a Nação, o qual garanta a geração de empregos de qualidade, a retomada da indústria, e apresente a visão que os candidatos têm sobre o papel do Estado nesse projeto.

“Para nós, o papel do Estado é o de condutor. Ou seja, um papel central na condução disso”, explica, considerando a necessidade de o debate ocorrer em torno de um conjunto de ideias que construam uma saída real da crise.

Sobre a construção de sua proposta de governo, a deputada defende as conversações com pessoas de várias áreas sociais como forma de contribuição na formatação do um plano que contemple de fato às necessidades da população.

 MISSÃO – Arriscar uma reeleição praticamente certa à Assembleia Legislativa para tentar o cargo máximo da política nacional não assusta jornalista-deputada, fenômeno de votos nos últimos pleitos. “É preciso fortalecer a participação das mulheres nos espaços públicos”, observa,

EM 2006, Manuela foi eleita à Câmara Federal com 271.939 votos; foi reeleita em 2010 com 482.590 votos. Na eleição de 2014 concorreu à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul: recebeu 220 mil votos. Antes, no ano 2004, aos 23 anos, se elegeu vereadora em Porto Alegre, conquistando 9.498 votos.

 

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções