Diário da Manhã

sábado, 19 de setembro de 2020

Notícias

Prefeitura garante nova escola na Colônia Triunfo

12 setembro
21:43 2013

Prefeito Eduardo Leite apresenta nova escola da Colônia Triunfo Foto: Vanderlei Porto – Foto: Vanderlei Porto

Na presença da comunidade do 4º Distrito (Triunfo), durante a penúltima edição da audiência pública “Prefeitura na Colônia”, realizada nessa quarta-feira (11/09/13) à noite, no salão da Comunidade Aliança, o prefeito Eduardo Leite e o proprietário da AVS Construções Ltda., Vitor José Selister, assinaram a ordem de serviço para o início das obras da nova Escola Municipal de Ensino Fundamental na Colônia Triunfo. Pelo termo, a partir de agora, a empresa tem 15 dias para começar a executar a obra, com previsão de término para setembro de 2014.

A nova escola fará a fusão de duas escolas municipais da zona rural, a Almirante Tamandaré e a Santos Dumont, localizadas, respectivamente, nas Colônias Dona Julia e Aliança. Inicialmente serão atendidos em torno de 200 alunos, mas o projeto original prevê uma ocupação de 450 estudantes. O terreno foi doado por Roberto Hinz Filho, que foi cumprimentado por Eduardo e pela vice-prefeita Paula Mascarenhas, também presente à audiência, pelo gesto de desprendimento e comprometimento que materializou o interesse da comunidade.

Serão investidos, com recursos próprios da prefeitura, R$ 2,2 milhões. Esse dinheiro não é de outros governos, é dinheiro do povo pelotense, o que atesta que a educação para o governo tem prioridade”, comemorou o prefeito.

Para Paula, o processo de viabilização desta escola, iniciado em 2005, com Bernado de Souza, só está se concretizando porque a comunidade rural cobrou e acreditou no poder público.

Conforme a professora Katia Elisa Griep Bonow, a nova área física possibilitará montar uma estrutura pedagógica maior e explorar as potencialidades dos alunos, principalmente nos projetos realizados em turno inverso.

Passada a celebração, Eduardo deu a palavra à comunidade. Cada pessoa, durante dois minutos, teve a oportunidade de colocar suas demandas e reivindicações. No local, também havia uma urna, onde as sugestões/reivindicações poderiam ser depositadas, por aqueles que optassem não falar em público.

A diretora Lilian Aldrighi Gomes pediu o cercamento da EMEF Wilson Muller, além de reforma e ampliação do educandário e o aumento do número de professores. A escola atende 150 alunos da pré-escola a 8º série, no turno diurno, e do EJA no noturno, com alunos do Quilombo.

Para manutenção das estradas rurais e urbanas, o Executivo anunciou que encaminhou um projeto de lei à Câmara de Vereadores solicitando a autorização para contratação de financiamento com a Caixa Econômica Federal, para aquisição de novas máquinas e equipamentos rodoviários para o Município. Serão investidos sete milhões, com recursos subsidiados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por intermédio do Finame. O objetivo, além de substituir os atuais equipamentos que datam, em sua maioria da década de 80, é de dotar, na colônia, cada distrito com infraestrutura básica – caçamba, retroescavadeira e uma patrola.

O ciclo de audiências dessa etapa do programa “Prefeitura na Colônia” se encerra na Colônia de Pescadores Z3.

Fonte:Ascom

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções