Diário da Manhã

quarta, 08 de julho de 2020

Notícias

PRESÍDIOS : Fim das revistas íntimas no RS

24 novembro
10:03 2014
A PARTIR do dia 1º de dezembro serão utilizados scanner corporal e detectores de metais

A PARTIR do dia 1º de dezembro serão utilizados scanner corporal e detectores de metais

Uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado, na edição do dia 19, determinou o fim das revistas íntimas em casas prisionais do Rio Grande do Sul, informou a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe).

De acordo com o órgão, a implementação da medida se tornou possível após as penitenciárias receberem equipamentos para scanner corporal, adquiridos com investimento de quase R$ 500 mil, além de portais e raquetes detectores de metais, herdadas da organização da Copa do Mundo.

O superintendente da Susepe, Gelson Treiesleben diz que todas as casas prisionais do Estado deverão estar aptas a cumprir a portaria até o início de dezembro. A medida começa a valer a partir do dia 1º de dezembro. Segundo ele, os novos sistemas oferecem o mesmo grau de segurança da revista íntima. “Com os detectores de metais e scanners, não haverá a possibilidade de entrada de armas. Além disso, se submetida ao vexatório pessoas que não estão condenadas a nenhum tipo de pena. É uma questão de respeito”, afirmou.

No mês passado, a Justiça já havia determinado a proibição de revistas íntimas no Presídio Central de Porto Alegre, o maior do Estado, a atualmente em fase de desocupação para ser demolido.

Segundo a Susepe, o primeiro body scanner (scanner corporal) será instalado na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). A previsão é que o equipamento seja incorporado à rotina de visita ao presídio ainda este mês. Mais equipamentos serão adquiridos para outras unidades prisionais do Estado.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções