Diário da Manhã

sexta, 21 de setembro de 2018

Notícias

PROLONGAMENTO DA BENTO : Vereador defende local cedido pela prefeitura para a sede

08 março
08:28 2018

O vereador Marcus Cunha (PDT) defendeu, da tribuna, ontem, a definição de local onde a futura Câmara será instalada.

“Já temos um ótimo terreno no prolongamento da Avenida Bento Gonçalves, cedido pelo prefeito Eduardo Leite, com pedra fundamental colocada em cerimônia com a presença dele e dos vereadores. Porque não construir lá?”, indagou o vereador.

ÁREA, no prolongamento da Av. Bento Gonçalves, recebeu até pedra fundamental

ÁREA, no prolongamento da Av. Bento Gonçalves, recebeu até pedra fundamental

Com a demora, disse Cunha, a população se manifesta, “via redes sociais, pela inércia desta Casa em resolver a questão”. “Na legislatura passada, foi criado um fundo com recursos que sobravam ao fim de cada ano para a construção do prédio, e hoje temos R$ 9 milhões. É mais barato construir um prédio num terreno vazio do que reformar um prédio”, afirmou Marcus Cunha.

Em 2017, Cunha manteve reuniões com a direção do curso de Arquitetura da Universidade Federal de Pelotas, sugerindo que os estudantes criassem propostas de prédio para o Legislativo Municipal. Uma primeira seleção dos melhores projetos já foi concluída e uma nova será realizada este semestre.

“Assim que os melhores trabalho forem selecionados, vamos realizar uma audiência pública para conhecer as propostas e debater os parâmetros que regem um concurso público para execução do prédio”, afirmou o vereador.

Marcus Cunha

Marcus Cunha

“Prédios públicos têm que atender a questões de sustentabilidade, como aproveitamento da luz solar, água da chuva, espaço para a população circular, local adequado para debates públicos, apresentações. São esses critérios que os alunos da UFPel estão levando em conta na hora de criar seus projetos, finalizou o parlamentar.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções