Diário da Manhã

quarta, 20 de novembro de 2019

Notícias

Residência de Cirurgia Buco Maxilo Facial permanece no PSP

Residência de Cirurgia Buco Maxilo Facial permanece no PSP
10 janeiro
16:51 2014

O programa de residência de Cirurgia Buco Maxilo Facial será mantido no Pronto Socorro de Pelotas (PSP). A confirmação de manutenção do serviço foi repassada pela secretária de Saúde Arita Bergmann, após reunião ocorrida na tarde de ontem (09/01/2014), em seu gabinete, com presença de diretores dos hospitais das instituições de ensino envolvidas, do PSP e da Secretaria de Saúde (SMS).

O programa conta com seis residentes e, para que seja mantido, serão contratados pelo PSP preceptores de Cirurgia Buco Maxilo Facial (CBMF) para plantão presencial 24hs, e mantida tutoria de professores para discussão de casos e educação continuada. Para viabilizar esta contratação, o PSP montará serviço próprio de CBMF com plantão presencial de profissionais nesta área, pleiteando recursos estaduais específicos para este fim.

Arita disse que o projeto do Plantão Presencial de Cirurgia Buco Maxilo Facial deverá ser apresentado para a 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) nos próximos dias, para fins de avaliação, para após ser encaminhado à CIB Estadual.

Participaram da reunião com a secretária o diretor do Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP/UCPel) Régis Pinto e Silva; a diretora do PSP, Mônica Mendes; o coordenador do Programa de Residência em CBMF FO/UFPel), Otacílio Chagas Jr.; o diretor do Hospital Escola da Fundação Apoio Universitário (HE-Fau/UFPel), Eduardo Coelho Machado; a gerente da Central de Regulação/SMS, Rosangela Soares; Elaine Hosni (COREMU/HE/UFPel) e Eduardo Silva, que também integra a direção do HE-FAU/UFPel.

Saiba mais: A residência só pode ocorrer em Hospitais Universitários, para credenciamento no Ministério da Educação (MEC), que exige a presença de preceptores 24 horas ao dia para orientação e conduta dos residentes nos locais que ofereçam o serviço. O preceptor deve ser profissional técnico da área (especialista em Cirurgia Buco Maxilo Facial reconhecido pelo Conselho Federal de Odontologia). O tutor deve ser docente e deve realizar orientação presencial no mínimo de 4 horas semanais com preceptores e residentes.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções