Diário da Manhã

sexta, 23 de agosto de 2019

Notícias

RESTAURAÇÃO : Grande Hotel receberá R$ 9 milhões

RESTAURAÇÃO : Grande Hotel receberá R$ 9 milhões
12 fevereiro
09:40 2019

A Universidade Federal de Pelotas recebeu a informação do secretário Especial de Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Pires, de que já estão garantidos os R$ 9 milhões necessários para a reforma com respectiva restauração do prédio do Grande Hotel.

A expectativa agora é pela comunicação oficial, que permitirá o início do trâmite burocrático para a realização da licitação.

“Essa conquista comprova a habilidade das universidades federais em gerenciar o patrimônio histórico do país”, comemora o reitor da UFPel, Pedro Curi Hallal. A liberação, segundo ele, é fruto da articulação entre a Universidade e a secretaria, por meio de agendas realizadas pela pró-reitora de Extensão e Cultura, Francisca Michelon, e o vice-reitor, Luis Amaral.

Hallal conta que foi procurado por diversas lideranças da região, que congratularam a Administração Central da UFPel pela conquista, pois reconhecem na reforma uma forma de agregar ainda mais ao potencial turístico do município e do entorno, fomentando o desenvolvimento econômico e social. “Toda a cadeia do turismo da região será beneficiada”, diz.

De acordo com a coordenadora de Desenvolvimento do Plano Diretor da UFPel, Cintia Essinger, a previsão é que o espaço entre em uso em cerca de dois anos e meio. O Grande Hotel assumirá a função para a qual foi pensado quando passou a compor o quadro de edificações pertencentes à UFPel: o de hotel-escola.

O prédio receberá intervenções tanto internas quanto externas. Pelo acesso principal, haverá a recepção do hotel, café e restaurante; já na área térrea acessível pela rua Anchieta ficarão áreas acadêmicas e administrativas do curso de Hotelaria. Nos segundo e terceiro pisos, ficarão os quartos; já no quarto, novos espaços acadêmicos, como salas de aula e laboratórios. Já o porão abrigará serviços do hotel e cozinha.

O Grande Hotel não recebe intervenções de grande porte desde 2008, quando a Prefeitura de Pelotas, antiga proprietária, realizou uma reforma interna, quando a claraboia foi elevada até o último piso e foram trocadas instalações elétricas e hidrossanitárias. Em 2002, o prédio havia recebido restauração de seu exterior, por meio do projeto Monumenta.

Após a comunicação oficial da destinação dos recursos, haverá todo o trâmite burocrático necessário para a abertura da licitação. A previsão, segundo a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento da UFPel, é de que a obra seja realizada em 30 meses. Ainda não foi decidido o formato de operação do hotel-escola, do restaurante e do café.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções