Diário da Manhã

quinta, 13 de agosto de 2020

Notícias

Rio Grande do Sul registra redução de 25% nos acidentes de trânsito

Rio Grande do Sul registra redução de 25% nos acidentes de trânsito
18 fevereiro
17:09 2014

Acidente Motos01Enquanto a população teve um crescimento anual médio de 0,4% e a frota aumentou quase 7% ao ano, o Rio Grande do Sul registrou uma redução de 25,7% no índice de mortes a cada 10 mil veículos de 2010 a 2013, passando de 4,7 para 3,5. O índice é uma medida utilizada internacionalmente para avaliar os impactos da violência no trânsito, já que relaciona as mortes a um indicador de exposição de risco. Os dados da acidentalidade e os resultados das políticas de trânsito implantadas no Estado foram apresentados na manhã desta terça-feira (17), em evento no Palácio Piratini, com a presença do governador Tarso Genro, que também realizou a entrega de viaturas para reforço da fiscalização.

''Isso é o significado do público na gestão do Estado'' disse Tarso

”Isso é o significado do público na gestão do Estado” disse Tarso
Foto: Caroline Bicocchi/Palácio Piratini

Pela primeira vez em quatro anos, os números violência no trânsito no Estado ficaram abaixo das 2 mil mortes. Em 2013, foram 1.984 mortes em acidentes de trânsito, uma redução de 9,4% em relação a 2010, quando morreram 2.191 pessoas. No ano de 2013, a redução foi especialmente significativa: passou de 2.091 em 2012 para 1.984 em 2013 (- 5,1%).

Tarso elogiou a aplicação dos servidores envolvidos nas políticas de trânsito do Governo. “Esses dados são uma homenagem a vocês, que realizam todos os dias um trabalho incansável, com responsabilidade e honradez. Isso é o significado do público na gestão do Estado. Os governos são passageiros. O poder público não é uma abstração, são os servidores que exercem essa função de forma permanente”.

Com esse resultado, o Estado se aproxima da meta instituída pela ONU para Década de Ação pela Segurança no Trânsito, que busca reduzir em 50% as vítimas de trânsito até 2020. Mantido o crescimento da década anterior, o Rio Grande do Sul atingiria a marca de 3.224 mortes no trânsito em 2020. Para atingir a meta de reduzir em 50% essa projeção, o RS precisa reduzir a acidentalidade em 3,1% ao ano. A meta foi batida e 517 vidas foram salvas em 2013. O desafio, agora, é manter o ritmo de redução.

Viaturas para a Brigada Militar
Dentro do projeto de expansão da Balada Segura, o Detran doou 16 viaturas para os Comandos Regionais de Policiamento Ostensivo da Brigada Militar , que serão utilizadas em blitze no interior do Estado. As blitze serão realizadas em municípios em que a Balada Segura ainda não foi implementada e também irão reforçar as equipes dos municípios que já contam com a operação.

Políticas públicas de trânsito
Políticas públicas implantadas nos últimos três anos ajudaram a alcançar esse resultado, em especial a Balada Segura e a Viagem Segura, ambas políticas que integram diversos órgãos e atuam em várias frentes, combinando fiscalização com sensibilização. Em 25 edições, a Operação Viagem Segura fiscalizou mais de 2,4 milhões de veículos e registrou mais de 350 mil infrações. Mais de 47 mil testes de etilômetro foram aplicados e 7,3 mil condutores autuados por embriaguez. O combate ao álcool na direção é uma das prioridades na gestão de trânsito no RS, conforme recomendação da OMS.

Para o diretor-geral do Detran/RS, Leonardo Kauer, é a agenda de colaboração com as diferentes esferas de governo e da sociedade civil organizada que trazem esses resultados. Alessandro Barcellos, ex-presidente da autarquia e atual secretário estadual da Administração e Recursos Humanos, também lembrou a integração como palavra-chave para esse resultado. “Somando-se três anos de trabalho conjunto, temos a preservação de 461 vidas. É verdade que muitas vidas ainda precisam ser preservadas, mas entendo que o Estado já é exemplo para o país no tratamento da violência no trânsito”.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções