Diário da Manhã

segunda, 10 de agosto de 2020

Notícias

ROCK : Banda Rosa Negra divulga música

28 maio
14:29 2020

Composição dos anos noventa ganhou novos arranjos

Por Carlos Cogoy

Shows cancelados, projetos adiados, e a indefinição sobre a retomada do calendário de apresentações. Contexto que tem impactado a comunidade, e afetou diretamente segmentos como a arte e cultura. Nesse cenário, têm sido criadas alternativas de entretenimento e divulgação. As plataformas digitais, que já estavam consolidadas como forma de comunicar shows e lançamentos musicais, fortaleceram-se como espaço para apresentações em casa. Uma banda pelotense, que teve a fase inicial na primeira metade da década de noventa, e foi retomada há dois anos, está divulgando nova gravação. Neste momento de distanciamento social, para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, a banda Rosa Negra, apresenta novos arranjos para uma composição dos anos noventa. O rock “O Trem”, ganhou sonoridade mais pesada, e pode ser ouvida no Youtube, Facebook e Instagram.

Alessandro Leroy, Hemerson, Fernando Ferreira e Rossano Diniz

Alessandro Leroy, Hemerson, Fernando Ferreira e Rossano Diniz

O TREM – Fernando Ferreira (baixo e voz), Rossano Diniz (guitarra), Hemerson Ferreira (guitarra), e Alessandro “Xuxão” Leroy (bateria), acrescentam que foram surpreendidos com o fechamento dos bares e casas noturnas. De imediato, quatro compromissos artísticos foram suspensos. No entanto, logo compreenderam a gravidade, e integraram-se aos cuidados recomendados à população. Mas, o distanciamento também proporcionou que a banda divulgasse a nova batida para a música “O trem”. Eles explicam: “É uma canção antiga, composta nos anos 1990 pelo nosso baixista e vocalista Fernando Ferreira, mas que recebeu alguns arranjos novos, com guitarras e bateria mais hard rock, sem perder sua essência original de rebeldia, liberdade e protesto. A música conta a história de uma pessoa cansada de se submeter a condições das quais não gostava, e resolveu se libertar chutando o balde. É o espírito do rock que nunca morre. ‘O Trem’ tem bem essa pegada de rock dos anos 1970/80, embora não se pareça com nenhuma canção específica das bandas que curtimos, em especial Guns N” Roses e The Cult. Nosso som é original e não imita ninguém”.

 VIRTUAL – Com o distanciamento, o contato é virtual: “Estamos trabalhando em antigas e novas canções, melhorando-as e elaborando arranjos. O isolamento acabou interrompendo nossa produção, mas estamos sempre em contato virtual, fomentando, debatendo e tocando o trabalho. A intenção é ampliarmos cada vez mais nossos sons autorais e incluirmos mais ainda nossa personalidade nos sons que tocamos, autorais ou não”.

Rosa NEGRA logoSOLIDARIEDADE – A banda Rosa Negra expressa solidariedade a campanhas de auxílio aos artistas: “A cultura é um bem público e os artistas são pessoas de carne e osso que necessitam sobreviver. Estamos preocupados e nos solidarizamos também com os proprietários dos estabelecimentos onde tocamos. Esta pandemia trouxe prejuízos econômicos graves a todos. Não queremos ver esses amigos falindo, porque além dos empregos eles ajudam a cultura, promovem o entretenimento, enfim, administram locais de encontros para quem quer se divertir, e curtir um som ao vivo. Torcemos que voltem à normalidade o mais breve possível, desde que haja segurança para isso”.

Comentários ()

Seções