Diário da Manhã

domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias

RUMO AO GAUCHÃO: Pelotas se reapresenta nesta quarta-feira

RUMO AO GAUCHÃO: Pelotas se reapresenta nesta quarta-feira
04 dezembro
11:00 2019

Predominância é dos atletas que conquistaram a Copa Antônio Verardi 

Por: Henrique König

[email protected]

Lobão segue pelas mãos de Antônio Picoli Foto: Tiago Winter/Studio i Fotografias

Lobão segue pelas mãos de Antônio Picoli
Foto: Tiago Winter/Studio i Fotografias

O Pelotas volta à Boca do Lobo na reapresentação marcada para esta quarta-feira. O retorno do Áureo Cerúleo não é simplesmente “o Lobão voltou”, é o “campeão voltou”. Predominam na Avenida Bento Gonçalves os jogadores vencedores do semestre na Copa Seu Verardi.

A manutenção da base campeã é fundamental para a próxima campanha, o Campeonato Gaúcho de 2020. As equipes pelotenses estão inteiradas do regulamento em que há dois grupos com seis clubes cada e o pior de cada chave será rebaixado. O Pelotas espera uma largada positiva, a exemplo de 2019, quando conseguiu com antecipação o índice para evitar a queda, porém, na hora de concluir a classificação, deixou de somar pontos e acabou na 9ª posição.

O elogiado trabalho do técnico Picoli, que pegou a base formada por Felipe Endres e direção, agora passará por novas provas de fogo. Acompanhando o elenco na pré-temporada, que vai receber até seis reforços, a responsabilidade na competição é grande. Entre os reforços, aguarda-se a chegada dos atacantes Hugos: o velho conhecido Hugo Sanches e Hugo Almeida.

SÉRIE D

Pelotas pretende disputar a competição nacional do Brasileirão. A Federação Gaúcha aguarda a resposta definitiva do presidente do Pelotas, Gilmar Schneider. Os custos são o entrave do Lobão. Os aditivos são a ajuda de custo da CBF para viagens e a parceria com a Laghetto Hotéis, que deve render aos cofres do clube.

Mateus Claus: “o título foi muito gratificante, após não termos sucesso na Copa Wianey Carlet, tivemos na Copa Seu Verardi. Desde o início, sempre fui muito ciente do peso da camisa e da responsabilidade, desde a preparação nos tempos com o Daniel Crizel (preparador de goleiros que foi para o Bahia). Nossa equipe foi crescendo na competição. Pelo trabalho do semestre ter começado do zero, era necessário lapidar o time. Agora, com a conquista, iniciaremos mais tranquilos a próxima competição, mas conscientes de que é outro torneio”, destacou o goleiro campeão pelo áureo cerúleo.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções