Diário da Manhã

domingo, 17 de novembro de 2019

Notícias

Secretária volta à Câmara hoje para responder questionamentos

23 outubro
08:44 2019

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal recebe nesta quarta-feira a secretária municipal da área, Roberta Paganini que retorna ao Legislativo para apresentar respostas aos questionamentos feitos na reunião pública de duas semanas atrás. Entre as questões a serem respondidas estão como resolver a falta de médicos nos postos, como desafogar o Pronto Socorro, quais alternativas para melhorar o atendimento de moradores de áreas como Sítio Floresta e Parque Harmonia e o como fazer andar a fila de espera por consultas com especialistas? A reunião está marcada para as 10h30min.

           ROBERTA Paganini (C) retorna ao Legislativo FOTO: Lenise Slawski/Especial DM

ROBERTA Paganini (C) retorna ao Legislativo
FOTO: Lenise Slawski/Especial DM

“Da primeira vez que compareceu à Câmara a secretária pediu tempo para reunir as informações necessárias para responder aos vereadores e este prazo foi concedido, agora queremos saber como ela planeja solucionar ou amenizar problemas graves do Sistema Único de Saúde em Pelotas, pois as queixas são muitas e a população precisa de respostas urgentes”, comenta o presidente da Comissão de Saúde, vereador Marcos Ferreira, o Marcola (PT).

No início desta semana, Marcola realizou uma vistoria surpresa no Pronto Socorro após receber queixas de usuários. Durante a visita constatou que 46 pessoas estavam internadas no local. O número é considerado razoável pela direção da instituição, porém foi constatado demora na liberação de leitos nos hospitais. Conforme dados apresentados pela diretora Suelen Arduin nos últimos 30 dias a Santa Casa ofertou apenas 49 leitos, o que perfaz uma média inferior a dois leitos por dia.

Para o presidente da Comissão de Saúde a situação não parece adequada, uma vez que a direção do hospital revelou ter reaberto 21 leitos que estavam fechados por causa da crise financeira. “Alguém precisa explicar o que está havendo, pois se aumentou o total de leitos disponíveis como a oferta ainda é tão restrita? Iremos questionar a secretária sobre isso para saber onde reside o problema”, declara o vereador.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções