Diário da Manhã

terça, 25 de junho de 2019

Notícias

SÉRIE B : Sequência de vitórias interrompida

12 junho
08:24 2019

Brasil perde em casa para o Criciúma e vai para a pausa da Copa América com 9 pontos em 8 jogos

•Por: Henrique König

Após três vitórias consecutivas, uma derrota dolorosa. O Brasil recebeu o Criciúma no Bento Freitas, na noite desta terça-feira e fez uma atuação abaixo do que condizia a evolução na Série B. Pela 8ª rodada do campeonato, Reis, ainda no primeiro tempo, decretou o placar em favor do Tigre catarinense. Com o revés por 1 a 0, o time de Rogério Zimmermann vai para a pausa da Copa América com três triunfos e cinco derrotas, nove pontos em oito rodadas, uma soma insuficiente para projetar uma média para o torneio. Essa intertemporada sem partidas oficiais é importante para correções.

Criciúma segurou o Brasil, que teve atuação de ineficiência no Bento Freitas; partida de poucas chances Foto: Jonathan Silva / GE Brasil

Criciúma segurou o Brasil, que teve atuação de ineficiência no Bento Freitas; partida de poucas chances
Foto: Jonathan Silva / GE Brasil

Na escalação, Bruno Aguiar retornou de suspensão e reassumiu papel na zaga. Douglas Baggio iniciou o jogo no lugar de Branquinho, o suspenso da rodada. Rafael Grampola começou na referência e Bruno Paulo, após sair irritado na rodada anterior, no banco. Do lado do Criciúma, com zagueiros lesionados, a formação inicial teve Platero e Derlan no sistema. Liel no lugar de Adilson Goiano e Reis no lugar de Daniel Costa foram além da projeção de time para Gilson Kleina escalar.

O Brasil teve duas belas chances na etapa inicial. Marcinho foi ao fundo, cruzou e Murilo Rangel cabeceou para grande defesa de Luiz. Nesse meio tempo, o Criciúma fez o seu gol aos 24’. Marlon serviu Vinicius, este mandou pro meio da área e Reis bateu colocado no canto: um belo gol do Tigre. Em busca da resposta xavante, já para o fim da etapa, Luiz saiu mal da meta duas vezes, fora da área,

Marcinho tentou de cobertura para o gol inabitado por goleiro, mas o zagueiro salvou de cabeça sobre a linha.

No segundo tempo, Ednei, que era dúvida, não aguentou o ritmo e novamente Ricardo Luz entrou na lateral-direita. As demais trocas de Rogério Zimmermann dessa vez não surtiram efeito. Bruno Paulo e Daniel Cruz ingressaram para saídas de Baggio e Murilo Rangel. O Brasil terminou com Marcinho mais centralizado, Daniel Cruz na direita, Bruno Paulo na esquerda e Grampola na frente, mas, com poucas oportunidades criadas, nada alterou a vitória catarinense no Bento Freitas.

Brasil e Criciúma ficam unidos no meio da tabela, ambos com 9 pontos, porém o Xavante tem três vitórias contra duas do Tigre. O Rubro-Negro faz rápida reunião para decidir se os jogadores ganham folga imediata e como será a questão de intertemporada para visar a sequência da Série B após a Copa América. 

FICHA TÉCNICA: BRASIL 0×1 CRICIÚMA

BRASIL: Carlos Eduardo; Ednei (Ricardo Luz), Camilo, Aguiar e Sousa; Leandro Leite, Carlos Jatobá, Douglas Baggio (Bruno Paulo), Marcinho, Murilo Rangel (Daniel Cruz) e Rafael Grampola. Técnico: Rogério Zimmermann.

CRICIÚMA: Luiz; Marcos Vinicius, Federico Platero, Derlan e Marlon; Liel, Eduardo, Wesley, Reis, Vinicius e Léo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina.

ÁRBITRO: José Claudio Filho, auxiliado por Anderson Moraes Coelho e Daniel Ziolli (trio paulista).

GOL: Reis (24’).

Partida válida pela 8ª rodada da Série B no Bento Freitas | Pelotas (RS).

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções