Diário da Manhã

domingo, 25 de agosto de 2019

Notícias

TRÂNSITO : Ambulância furtada é destruída em acidente

TRÂNSITO : Ambulância furtada é destruída em acidente
27 maio
08:22 2019

Jovem furta ambulância do SAMU, e capota veículo na rodovia

Ao amanhecer de domingo, a baixa temperatura não impediu que um jovem de vinte anos, adentrasse na garagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), proximidade com o prolongamento da avenida Bento Gonçalves. Além de invadir o local, que é restrito a funcionários, ele ocupou umas das ambulâncias – veículo 2017/18 -, placas IYI-9380, girou a chave na ignição e deixou o estacionamento.

Veículo ficou danificado e foi resgatado ao fim da manhã de domingo

Veículo ficou danificado e foi resgatado ao fim da manhã de domingo

ACIDENTE – O jovem C. R., seguiu em direção à Rodoviária, e ingressou na BR 392. Ele conduziu a ambulância até o viaduto, logo após o trevo de acesso à Fenadoce, porém, perdeu o controle e o veículo despencou num barranco. O carro ficou destruído, e o condutor foi preso em flagrante por policiais militares. Ele também teve de ser levado para atendimento médico.

CAUSAS para o furto do veículo, conforme investigações preliminares da polícia, indicavam algum distúrbio psíquico, ou atitude movida por efeito de entorpecente ou bebida alcóolica.

RESGATE – Numa das alças que ligam a BR 116, o veículo saiu da pista e capotou num barranco. A operação de resgate contou com guincho da concessionária Ecosul. Durante o resgate, que interrompeu o trânsito parcialmente no local, socorristas avaliavam o prejuízo. O veículo ainda tinha pouco tempo de uso. Porém, está destruído, e o serviço terá de ser reorganizado para que a comunidade não tenha o atendimento reduzido.

REPERCUSSÃO – Ontem o acidente repercutia no Estado, e nas redes sociais prevaleciam os comentários de desaprovação e indignação com o furto da ambulância. Na garagem do serviço, já estão sendo tomadas novas medidas para redobrar a vigilância, e evitar que os veículos sejam danificados ou até mesmo furtados. Com a saúde pública cada vez mais sucateada pelo corte de programas e recursos, cabe aos profissionais e comunidade zelarem pelos equipamentos, em especial aqueles utilizados nas situações emergenciais.

Socorristas e comunidade prejudicados com menos uma ambulância

Socorristas e comunidade prejudicados com menos uma ambulância

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções