Diário da Manhã

domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias

UFPel engaja-se ao Dia Mundial de Prevenção e Combate ao Diabetes

UFPel engaja-se ao Dia Mundial de Prevenção e Combate ao Diabetes
14 novembro
09:44 2013

A UFPel integra-se às atividades do Dia Mundial de Prevenção e Combate ao Diabetes, que se comemora nesta quinta-feira(14). Neste sentido, ressalta os fatores de risco, os sintomas e consequências da doença e as formas de prevenção e controle, lembrando que o diagnóstico do Diabetes é bastante simples, bastando observar os sinais de alerta.

O Diabetes é uma disfunção causada pela deficiência total ou parcial de produção de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas. Os sintomas, que podem servir como sinais de alerta, são: aumento do volume urinário, sensação de sede em demasia, fome excessiva, perda involuntária de peso, fadiga, fraqueza, letargia, prurido cutâneo e vulvar, inflamação conjunta da glande e prepúcio e infecções regulares.

Como consequências da doença destaca-se a redução da expectativa de vida, 15 anos em média para o diabetes tipo 1 – insulino dependente, e de cinco a sete anos para o diabetes tipo 2 – insulino independente (que não faz uso de insulina). Os adultos com diabetes têm o risco de doenças cardiovasculares aumentado em duas a quatro vezes, bem como de desenvolverem acidente vascular cerebral. O diabetes é também a causa mais comum de amputações de membros inferiores não-traumáticas, de cegueira irreversível e de doença renal crônica; e, em mulheres, de partos prematuros e mortalidade materna.

Os fatores de risco são: sedentarismo, dieta inadequada e obesidade, antecedente familiar, hipertensão arterial, colesterol e triglicerídeos elevados, histórico de gigantismo ou diabetes gestacional, diagnóstico prévio de síndrome de ovários policísticos, e doença cardiovascular, cerebrovascular ou vascular periférica definida.

Para prevenir a doença, recomenda-se adesão à dieta balanceada, com o aumento da ingestão de fibras e restrição de gorduras; manutenção de peso saudável, não fumar, manter atividade física regular e ter um sono de qualidade e reparador.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções