Diário da Manhã

segunda, 24 de julho de 2017

Notícias

 Mais recentes

VIOLÊNCIA EXTREMA : Dois homicídios e cinco baleados no final de semana

17 julho
08:18 2017

O adolescente C.D.B.N., de 16 anos é mais uma das vítimas a aumentar a estatística de homicídios ocorridos em Pelotas este ano, que até o momento contabiliza 61 casos. O crime ocorreu na noite de sábado, por volta das 22h, na Rua 14 do Núcleo Habitacional Getúlio Vargas.

Dois homens que estavam em uma motocicleta seriam os autores dos disparos. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionada, porém ao chegar ao local, o adolescente já estava morto. O caso está aos cuidados da Delegacia de Homicídios e Desaparecidos.

CabeçalhoFRAGATA – Na noite de sexta-feira, por volta das 21h, Samuel Silva Pereira, de 20 anos, saiu de uma janta em um CTG. Ele caminhava pela rua quando se aproximaram dois homens em uma moto. O carona teria chamado Samuel pelo nome, e na sequência efetuado os disparos que o atingiram na cabeça e no tórax.  Ele foi socorrido pelo Samu e levado para o hospital, porém não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no início da madrugada. O óbito foi registrado por um familiar, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

BALEADOS – Na madrugada de ontem, a Avenida Bento Gonçalves virou palco de guerra, resultando em quatro pessoas baleadas, em duas situações distintas. As tentativas de homicídio ocorreram no intervalo de uma hora. Um dos atentados ocorreu na esquina da Avenida Bento Gonçalves com a Rua General Osório e o outro na esquina com a Santa Tecla. Nos dois atentados os atiradores estavam em motocicletas. Dois dos jovens foram baleados nas pernas, uma delas no tórax e a outra no abdômen e numa das pernas. Nos relatos prestados aos policiais que atenderam as ocorrências, as vítimas foram unânimes em alegar que desconhecem o motivo dos atentados.

Também no Núcleo Habitacional Dunas, por volta da 1h, foi registrada uma tentativa de homicídio praticada pelo carona de uma motocicleta. A vítima foi atingida nas duas mãos, na tentativa de se proteger. Mesmo ferido o rapaz conseguiu correr até a casa de um familiar, em busca de socorro.

Notícias Relacionadas

Comentários ()