Diário da Manhã

quinta, 28 de outubro de 2021

Notícias

Câmara aprova projetos que melhoram saúde em Pelotas

03 outubro
16:19 2013

O presidente da Câmara Municipal, vereador Ademar Ornel (DEM), anunciou, na manhã desta quinta-feira, 03/10, que, em conjunto com o Executivo, o Parlamento analisará, mensalmente, as demandas da população na área da Saúde, visando ao atendimento no menor tempo possível e da forma mais adequada. “O exemplo de que já estamos colocando em prática este acordo é a aprovação dos quatro projetos aprovados pela Câmara, na área da Saúde, que vão beneficiar a população pelotense”, garantiu Ademar Ornel.

VereadoresEm sua avaliação, as ações da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou irregularidades na sáude pública e também o trabalho da Comissão de Saúde da Câmara, deram o passo inicial para identificar os principais problemas enfrentados pela comunidade. “O Legislativo está demonstrando que, sem politizar os temas, atua em benefício dos cidadãos”, assegura Ornel.

Aprovações – Estão aprovados os seguintes projetos do Executivo: o que autoriza a contratação, por tempo determinado, de dois psicólogos, um terapeuta ocupacional, dois assistentes sociais e 12 técnicos de enfermagem; o que autoriza a contratação, por prazo determinado, de 100 técnicos de enfermagem e de 50 médicos; o que cria 40 vagas para o cargo de enfermeiro e extingue 20 vagas do cargo de médico; e o que concede ajuda pecuniária de moradia e alimentação aos médicos do projeto “Mais Médicos” que exercerem suas atividades em Pelotas.
Confiança – Para o vereador e médico Anselmo Rodrigues (PDT), seria uma “incoerência votar contra os projetos”. Mas ele faz uma ressalva: é preciso que a estrutura da saúde pública seja construída de tal forma que garanta a confiança da população. “Só depois de dois anos de atuação no mesmo posto é que uma equipe vai conquistar a confiança da comunidade”, avisa Anselmo. Ele alerta ainda, para as filas nos postos, as filas para cirurgias traumatológicas, para os centros de atenção psicossocial (Caps), caso contrário a população “vai continuar sofrendo”.

A contratação de profissionais para o Caps Ad (álcool e drogas) foi elogiada pelo vereador Rafael Amaral (PP). Foi sua atuação que provocou a visita do coordenador geral da Secretaria Naiconal de Políticas Sobre Drogas, delegado Robson Robin, a Pelotas, com o cadastramento do município no Programa Crack é Possível Vencer. Com recursos de R$2 milhões, Pelotas construirá o Centro e já está pronta para a contratação dos profissionais de saúde.
O vereador Edmar Campos (DEM) fez questão de salientar a atuação e parceria do Legislativo na aprovação dos projetos do governo. “O Executivo não pode se queixar da Câmara. estamos dando guarida a todos os seus projetos”, afirmou.

Notícias Relacionadas

Comentários ()

Seções